<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo_unicesumar_horizontal_original
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Nutrição / áreas da nutrição



 

Você acabou de sair do Ensino Médio e está em busca de um curso superior? Já pensou em escolher uma graduação da área da saúde com o objetivo de formar profissionais com conhecimento sobre as características dos alimentos e a prescrição de dietas para pessoas? Estamos falando da Nutrição, uma carreira muito em alta atualmente.

Isso porque várias pessoas já reconhecem a importância de uma alimentação saudável para o bom funcionamento do corpo e a saúde em geral. Por isso, se você pensa em seguir nesse ramo, saiba que está no caminho certo! E tem mais: existem muitas áreas da Nutrição nas quais é possível atuar depois de formado.

Ficou interessado? Quer saber como é a atuação do Nutricionista? Então, não deixe de acompanhar o nosso post!

Quais são as principais áreas da Nutrição?

Os nutricionistas são profissionais muito requisitados em vários segmentos, apresentando um mercado de trabalho amplo. Confira, a seguir, as principais áreas.

1. Indústria alimentícia

A indústria alimentícia é um ramo muito procurado pelos nutricionistas. No Brasil, essa área possibilita um amplo leque de oportunidades, o que faz com que mais profissionais procurem pelo campo. As principais atividades desenvolvidas incluem:

  • controle da qualidade de produtos;
  • análise relativa ao processamento de matéria-prima;
  • elaboração de informes técnico-científicos;
  • realização do marketing externo e interno;

Uma condição para atuar nessa área é fazer trabalhos em laboratórios e pesquisas, além de se manter atualizado em relação à necessidade de lançar novidades que agradem aos consumidores.

2. Nutrição esportiva

Não se pode dispensar um acompanhamento nutricional para quem busca um bom resultado em alguma prática de atividade física, não é? Nessa especialidade, o nutricionista está ligado à função de planejar um cardápio nutritivo, com o objetivo de aumentar o rendimento dos atletas.

Os profissionais podem atender atletas de alto rendimento ou instruir equipes que vão competir em campeonatos. É por meio desse acompanhamento que os praticantes garantem energia, o que previne o cansaço em excesso. Se você gostou desse campo, saiba que poderá trabalhar em clubes e em academias.

3. Saúde coletiva

Existem várias doenças que causam preocupação nos profissionais da área da saúde e uma delas é a obesidade, que afeta pessoas de diversas idades — inclusive crianças. Ela ainda provoca uma série de complicações ao paciente.

Por essa razão, a presença de nutricionistas em ambulatórios, postos de saúde e clínicas médicas é cada vez mais importante. Outro ponto que merece destaque é que quem atua com saúde pública não precisa se especializar em um campo específico. Logo, é necessário ter uma ampla visão da profissão, o que torna esse segmento uma ótima opção para o recém-formado.

4. Nutrição clínica

Nessa especialidade, os nutricionistas podem atuar em sua própria clínica, atendendo pacientes que desejam ganhar massa muscular, perder peso ou manter uma alimentação equilibrada. O profissional opta por trabalhar em diferentes lugares, como pronto atendimento, clínicas especializadas e consultórios particulares.

Quem escolher essa área estará apto para atuar nos seguintes níveis:

  • doenças renais e cardiovasculares;
  • magistral;
  • gastronomia funcional;
  • nutrição em idosos;
  • adultos;
  • idade escolar e adolescência;
  • recém-nascidos;
  • gestação e lactação.

5. Gastronomia

A Nutrição também pode ser uma aliada da Gastronomia. Aqui, o objetivo é conciliar cardápios saudáveis e cheios de sabor. Essa especialidade está presente em alguns restaurantes, cursos gastronômicos e hospitais. O profissional com essa habilitação ajuda os pacientes a diversificarem o cardápio, com foco no bem-estar e na saúde.

A consequência disso é uma adesão maior ao planejamento alimentar, ou seja, não é necessário abrir mão do sabor para manter uma dieta saudável. Também é possível desenvolver algumas receitas com alimentos benéficos e disponibilizá-las para chefs — bacana, não é mesmo?

6. Consultoria nutricional

A consultoria nutricional é uma das áreas mais vastas para o nutricionista. Ele pode atuar desde o atendimento individualizado em consultórios até a melhoria da qualidade da alimentação servida em restaurantes, indústrias e escolas.

Nesse caso, ele pode trabalhar:

  • na adequação da produção à legislação;
  • no controle da qualidade dos alimentos;
  • no desenvolvimento de um projeto de cozinhas industriais.

No consultório, o profissional atende pacientes com várias necessidades. Inclusive, ele faz a adequação das recomendações às preferências de cada pessoa.

7. Nutrição comportamental

Nessa especialidade, os pacientes e sua rede são vistos como um todo: aspectos emocionais, culturais, familiares, sociais e tudo que representa o ato de comer. Nesse caso, os alimentos não são vistos apenas como uma rede complexa de nutrientes (proteínas, carboidratos, lipídeos, vitaminas etc.), mas também de acordo com as memórias e as sensações que podem proporcionar.

Por ser bem abrangente, essa técnica leva em consideração os aspectos sociocomportamentais e emocionais da alimentação. A estratégia vai desde a terapia cognitivo-comportamental até o aconselhamento nutricional. Assim, os nutricionistas usam recursos e conceitos da Psicologia, auxiliando seu paciente a compreender a sua relação com os alimentos e a viver de modo saudável, sem distúrbios alimentares.

Como é o curso de Nutrição?

O curso de Nutrição da Uni é do tipo Bacharelado e dura quatro anos. Por meio de aulas práticas e teóricas, você aprenderá avaliação corporal, funcionamento do metabolismo humano, valor nutritivo dos alimentos etc.

Durante esse período, você entrará em contato com matérias da matriz curricular, além de atividades práticas, como os estágios supervisionados. Em geral, também é feito ao final um Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). As principais disciplinas estudadas durante essa graduação são:

  • Microbiologia dos Alimentos;
  • Genética Humana;
  • Fisiologia e Anatomia Humana;
  • Nutrição e Dietética;
  • Bioquímica do Metabolismo;
  • Nutrição Hospitalar;
  • Imunologia;
  • Nutrientes e Hidratação no Exercício Físico;
  • Psicologia da Nutrição.

Lembre-se de que, para se dar bem no mercado de trabalho de Nutrição, é importante escolher uma faculdade de qualidade e reconhecida. Por isso, opte por aquela que tenha um corpo docente preparado, infraestrutura completa e mensalidades que cabem no seu bolso!

Agora que você já conhece as principais áreas da Nutrição, não se esqueça de que essa profissão é muito prestigiada e conta com um mercado de trabalho amplo. Além disso, pesquise mais sobre essa graduação para ficar por dentro da grade curricular, corpo docente e infraestrutura.

Gostou deste post e quer complementar a sua leitura? Então, #partiu saber mais detalhes do que é estudado no curso de Nutrição!

here…

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS
    New call-to-action
    New call-to-action
    planejamento financeiro

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    New call-to-action

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action