<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Humanas



 Tags: Humanas

Quando você pensa em um psicólogo, o que vem à sua mente? Garanto que você imaginou um homem de meia idade, com semblante fechado, sentado em sua poltrona fazendo anotações em um bloquinho ou caderno. Acertei?

Muita gente, quando pensa em cursar Psicologia, acaba desistindo justamente por ter essa imagem na cabeça: o psicólogo sem poder sair de seu consultório, ouvindo seu paciente deitado no divã.

Na verdade, essa cena faz parte da Psicologia clínica, uma área de atuação da Psicologia que se dedica a amenizar o sofrimento do paciente — e, para isso, existem muitas ferramentas e recursos, como sessões de psicoterapia individual, familiar e em grupo até arteterapia e terapia psicomotora. Esses profissionais podem se especializar em certas modalidades e seguir abordagens muito distintas (já ouviu falar sobre behaviorismo, psicanálise e humanismo, por exemplo?).

Para muitos, a aptidão e o interesse por esse ramo é uma verdadeira vocação. Além de diagnosticar e tratar transtornos mentais, o psicólogo clínico também trabalha com prevenção e aconselhamento, ajudando crianças, adultos e idosos a lidar melhor com suas emoções e sentimentos. Tem coisa mais nobre que isso?

Mas existem muitas outras áreas de atuação da Psicologia que oferecem oportunidades de trabalho que você nem imagina! Que tal conhecer algumas delas? Dê uma olhada em algumas especializações da profissão que lida com a psique humana!

1. Neuropsicologia

A junção da neurologia e da Psicologia é um dos campos mais férteis da área, já que esse profissional se dedica a praticamente todos os aspectos do funcionamento cerebral e sua influência no comportamento e na personalidade do paciente. Ele também é o responsável pelo diagnóstico e o tratamento de pessoas com lesões traumáticas. Você já deve ter visto em filmes: quando o paciente perde a memória ou muda de postura após um acidente ou acontecimento traumático, entra em cena o neuropsicólogo!

2. Psicologia Ambiental

Essa área de atuação é relativamente nova e tem tudo para estar entre as profissões em alta nos próximos anos. Ela lida com a relação entre o homem e seu ambiente (tanto o natural quanto o construído). A Psicologia ambiental se relaciona com várias outras carreiras, como Arquitetura, Paisagismo, Urbanismo e até Geografia.

3. Psicologia Educacional

Muitas escolas de educação infantil e fundamental já contam com um profissional da área para auxiliar os professores a melhorar o desempenho dos alunos e resolver problemas de aprendizagem. Outra função importante do psicólogo educacional é prevenir o bullying, uma das maiores preocupações dos pais e educadores atualmente. Que tal trabalhar com crianças e adolescentes?

4. Psicologia Hospitalar

Passar por uma doença grave é um acontecimento traumático não apenas para o paciente, mas para toda a família. O psicólogo hospitalar procura ajudar nesse momento difícil, realizando avaliações e oferecendo acompanhamento a quem está internado, precisa passar por cirurgias de alto risco ou descobre uma doença debilitante. Os médicos e enfermeiros, que lidam diariamente com essas situações, também precisam do atendimento desse profissional.

5. Psicologia Jurídica

Uma das principais responsabilidades dessa especialização é supervisionar processos de adoção. Imagina a realização pessoal desse psicólogo, ajudando crianças a encontrarem uma família! Mas nem tudo são flores: esse profissional também é requisitado para ajudar a justiça em casos de violência contra menores ou na avaliação de suspeitos de crimes e detentos. Já viu que vai precisar de muito sangue frio para seguir nessa área, não é?

6. Psicologia Organizacional e do Trabalho

Em muitas empresas, o papel do psicólogo do trabalho é fundamental na hora de contratar ou demitir funcionários. Você já participou de alguma dinâmica de grupo ou teste psicológico durante uma entrevista de emprego? Pode apostar que ele estava ali! Além disso, ele deve ajudar no treinamento das equipes, na organização do trabalho e no controle do estresse dos funcionários. Se você se preocupa com a qualidade de vida e acredita no equilíbrio entre vida pessoal e profissional, essa pode ser sua carreira!

7. Psicologia Social

Todo ambiente que proporcionar a interação de uma pessoa com um grupo pode usar o trabalho do psicólogo social: asilos, ONGs, penitenciárias, instituições de ensino, centros de acolhimento de crianças e idosos, além das agências do governo. Esse profissional pode ajudar, por exemplo, na socialização das pessoas e na intermediação de conflitos. Por estudar o comportamento do indivíduo dentro de um grupo, essa área tem muito a ver com Sociologia, não acha? 

8. Psicologia do Trânsito

O trânsito é uma das áreas de atuação da Psicologia mais procuradas atualmente. Mas não pense que é um trabalho fácil: avaliar motoristas e futuros condutores é uma responsabilidade enorme! Nesse ramo, o profissional pode promover ações educativas de segurança no trânsito ou estudar os efeitos do álcool e das drogas nos motoristas. Já deu para entender a importância dessa carreira na nossa sociedade, não é mesmo?

9. Psicomotricidade

Essa palavra ficou conhecida graças às escolas de educação infantil: nesse contexto, o psicólogo auxilia o desenvolvimento das habilidades motoras dos bebês e crianças. Mas esse profissional pode atuar também em centros de reabilitação e instituições para pessoas com deficiência, ajudando na recuperação e autonomia dos pacientes. Mais do que dinheiro, você ganha realização pessoal no nível máximo.

10. Psicopedagogia

Quando o aluno não consegue entender a matéria, apresenta dificuldades de aprendizado ou precisa de uma forcinha para acompanhar as aulas, o professor tem no psicopedagogo um grande aliado. Esse profissional pode ter um impacto grande nos índices de fracasso e abandono escolar. Que tal ajudar a nova geração a atingir todo seu potencial?

Você imaginava que existiam tantas áreas de atuação da Psicologia? O campo de trabalho para um profissional bem qualificado é realmente enorme — e a melhor parte é que você não precisa escolher apenas uma especialização. Não é raro encontrar, por exemplo, psicopedagogos que também têm formação em Psicomotricidade ou Psicologia Educacional.

A verdade é que essa não é uma profissão para qualquer um: apesar de ter um bom retorno financeiro, é um trabalho que exige muita paciência, autocontrole, equilíbrio emocional e vontade de ajudar os outros. E tudo bem se você não tem esse perfil — afinal, cada um tem aptidão para uma coisa diferente, não é mesmo?

Mas se você se interessou por algum (ou por vários) dos ramos da Psicologia e já está se imaginando como um profissional de sucesso, trabalhando em clínicas, hospitais ou até mesmo no seu próprio consultório, talvez a sua busca por uma carreira tenha acabado!

Ainda está na dúvida? Confira tudo que você precisa saber antes de escolher uma profissão!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action