<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de carreira



Sabemos que a vida do estudante não é fácil: são matérias que se acumulam, prazos apertados, aquela pressão de professores e parentes — isso sem falar na desafiadora missão de decidir a profissão de seu futuro. Depois que conseguem escolher, o próximo episódio dessa série dramática é definir entre cursos de bacharelado, licenciatura e tecnólogo.

Embora as três opções sejam de nível superior, cada uma delas traz particularidades que devem influenciar nessa escolha. Vale ressaltar, antes de mais nada, que não existe uma melhor ou pior do que a outra. A grande questão é conciliar os seus interesses e objetivos profissionais com o que cada modalidade vai oferecer para começar a se preparar para o vestibular!

E aí, já tem a sua opinião formada sobre o assunto? Sabe quais são as principais diferenças entre as três alternativas? Podemos ajudar! Continue lendo este post para se informar antes de definir a sua preferência!

Quais são as características dos cursos de bacharelado?

Vamos iniciar pelo bacharelado para começar a esclarecer as dúvidas. Esse tipo de curso superior tem duração média de 4 a 5 anos, além de apresentar uma infinidade de áreas que podem ser estudadas dentro das ciências humanas, exatas e biológicas.

Nesse caso, o maior diferencial é que a formação de bacharel é mais voltada para a atuação no mercado de trabalho. Durante o tempo da faculdade, o aluno explora uma série de temas que ajudam a construir uma visão ampla da sua futura profissão.

Inclusive, nem sempre é possível obter um conhecimento profundo sobre cada um deles. Porém, a capacitação generalista abre portas para que depois seja feita uma especialização na área de maior interesse.

Por exemplo, em um curso de Administração, são abordados tópicos distintos como Recursos Humanos, Finanças, Marketing, Contabilidade, Gestão, entre muitos outros. A partir disso, o estudante fica livre para escolher em qual desses setores ela deseja trabalhar e, é claro, aperfeiçoar o seu aprendizado.

De qualquer forma, a conquista do diploma de bacharel já garante uma qualificação básica para a entrada no mercado e construção de uma carreira. Alguns exemplos de cursos de bacharelado são: Medicina, Direito, Odontologia, Farmácia, Enfermagem, Arquitetura, Publicidade e Propaganda e as diversas vertentes da Engenharia.

Qual o propósito de fazer a opção pela licenciatura?

Por sua vez, a licenciatura é mais voltada para quem pretende seguir a carreira acadêmica — seja como docente, seja como pesquisador. Ou seja, você que sempre sonhou em dar aulas ou fazer artigos científicos sobre sua área preferida vai se dar bem nessa modalidade.

Mas, então, você pode pensar: não posso desenvolver essas habilidades em um bacharelado? Sim e não. Em cursos de licenciatura, além do conteúdo técnico específico, há a inclusão de matérias voltadas para o exercício da docência.

Para se ter uma ideia, quem opta por se formar como um licenciado em Matemática deve estudar não só os números e cálculos, mas aprender assuntos como Didática e Psicologia da Educação. Ou seja, a intenção é realmente oferecer uma preparação de ponta para esse estudante, após formado, encarar a sala de aula e transmitir seus conhecimentos da melhor forma.

A previsão de conclusão de uma licenciatura também é de cerca de 4 anos, dependendo da opção feita pelo estudante e do seu desempenho. Dentre os caminhos possíveis estão: Letras, Matemática, Física, Química, Biologia, História, Geografia e outros.

Um detalhe muito importante é que o diploma de bacharel não permite que o profissional lecione no Ensino Médio e Fundamental, o que é garantido apenas pelo título de licenciado.

Vale saber ainda que existem muitas áreas que oferecem as duas possibilidades de habilitação, como acontece com Pedagogia, Psicologia, Filosofia e outras já citadas. Por isso, quem tiver interesse pode pesquisar com a instituição de ensino sobre a chance de conseguir ambos os tipos de certificação.

Quais as diferenças dos tecnólogos?

Seu foco maior é entrar no mercado de trabalho o quanto antes, já sabendo o máximo possível sobre a profissão? Então pode considerar os cursos tecnólogos ou cursos superiores de tecnologia, como também são conhecidos.

Em torno de 2 ou 3 anos, o aluno consegue o seu diploma (que é de nível superior e igualmente reconhecido pelo Ministério da Educação), passando por uma grade curricular mais focada na atuação prática. É como investir em uma formação mais acelerada e menos generalista.

A maior controvérsia de optar pelo tecnólogo é que muitas vagas de emprego ainda exigem o grau de bacharel ou licenciado. Além disso, muitas oportunidades que uma faculdade permite (como as atividades extracurriculares e o próprio ambiente do campus) não serão aproveitadas nessa modalidade.

O que cada estudante deve considerar ao fazer sua escolha?

Mesmo conhecendo as características de cada uma dessas modalidades, ainda está em dúvidas? Não se preocupe! Vamos ajudar. Antes de tudo, saiba que o ideal é avaliar quais são as suas intenções de carreira para facilitar todo o processo de decisão e fazer com que o resultado final seja o mais coerente possível com o seu futuro profissional.

A Educação Física é um bom exemplo para entender como isso funciona na prática. Se você se encanta com a chance de dar aulas para crianças e jovens em escolas do Ensino Fundamental e Médio, a opção mais indicada é mesmo ocurso de licenciatura. Contudo, se o objetivo é ser um preparador físico em academias ou em clubes esportivos, é melhor escolher o bacharelado.

Em resumo, as vantagens e desvantagens estarão associadas à situação de cada estudante. Como falamos, não há uma opção certa e outras erradas. Você vai poder definir qual delas atende melhor às suas expectativas e proporcionará oportunidades mais vantajosas para sua carreira.

E então, será que agora você já consegue distinguir o que é um curso de bacharelado, de licenciatura e tecnólogo? Esperamos que com a leitura deste post você tenha resolvido algumas incertezas e dado mais um passo para a construção da sua carreira.

Se ainda restaram dúvidas sobre o assunto ou se deseja compartilhar a sua opinião com a gente, não se esqueça de deixar o seu comentário! Esperamos por você!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action