<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Motivação



A hora de começar a faculdade é uma das mais esperadas pelos estudantes que estão terminando o Ensino Médio. Pode acreditar, não é só você que não consegue parar de pensar de pensar nas matérias que vai aprender, nas atividades extracurriculares, estágios e todas as outras oportunidades que fazem parte da vida de um universitário.

Porém, pode ser que uma preocupação comum faça você ter mais medo que o Rony Weasley quando vê uma aranha, que é o pagamento das mensalidades do curso. Se isso está tirando o seu sono, nós temos uma boa notícia! Inspira, expira e não pira, porque existe uma solução: é possível fazer toda a sua graduação com uma bolsa de estudos, seja ela integral ou parcial.

Quer saber como fazer isso? Continue lendo e confira as principais maneiras de conseguir estudar sem peso no bolso!

O pagamento da faculdade

Antes de tudo, é importante saber que o pagamento das mensalidades é algo obrigatório nas universidades particulares. Por conta disso, muitas instituições oferecem descontos e bolsas internas, além das bolsas de estudos governamentais que existem no Brasil. Ou seja: as opções para pagar pelo seu curso superior com aquela ajudinha salvadora são diversas!

Mas quer uma dica? Mesmo sem precisar pagar o valor total, vale a pena se organizar financeiramente para conseguir se manter ao longo do curso superior — afinal, é preciso custear outras coisas, como transporte, alimentação e material. Uma boa maneira de fazer isso é, assim que começar a vida universitária, buscar um estágio ou emprego que possibilite que você tenha mais tranquilidade na hora de pagar os famosos boletos.

4 alternativas de bolsa para não pagar a faculdade

1. ProUni

Já pensou em fazer toda a sua faculdade sem precisar pagar um boleto todos os meses? O Programa Universidade para Todos, mais conhecido como ProUni, pode ser a chance perfeita para você!

Esse é um projeto governamental que oferece bolsas de estudos de 50% e 100% para estudantes de baixa renda de todo o Brasil. Ele funciona da seguinte forma: as bolsas integrais são oferecidas para quem tem renda máxima de até um salário mínimo e meio por pessoa da família, enquanto a parcial serve para quem recebe até 3 salários mínimos.

Gostou da ideia? Então, presta atenção nas regras de participação! O primeiro passo é fazer o ENEM, pois a seleção de bolsistas do ProUni acontece com base na sua nota média na edição mais recente do exame. Além disso, também é preciso ter estudado em escola pública durante todo o Ensino Médio ou ter sido bolsista integral em escola particular ao longo desse período, ok?

Então, se você está dentro dos pré-requisitos, já crie sua rotina de estudos e comece a se preparar para o próximo ENEM. Quanto melhor for o seu preparo, maiores serão suas chances de conseguir uma boa pontuação e garantir uma bolsa para cursar a faculdade dos seus sonhos.

2. Fies

Assim como o ProUni, o Fies é uma iniciativa do Governo Federal. Mas, se você pensa que eles são a mesma coisa, pode tirar essa ideia da cabeça. Na verdade, existe uma grande diferença: enquanto o ProUni oferece bolsas de estudos, o Fies é um programa de financiamento estudantil com juros muito baixos, o que facilita o pagamento das mensalidades ao longo do curso.

Nesse financiamento, que oferece modalidades diferentes de acordo com a situação financeira de cada estudante, você consegue fazer a faculdade pagando apenas uma taxa ao longo da graduação e, após se formar, faz o pagamento restante. Ou seja: só precisa pensar em mensalidade quando tiver o seu diploma em mãos!

3. PAI

O Parcelamento Inteligente, ou apenas "PAI", é uma maneira de prorrogar os prazos de pagamento das mensalidades. Quer saber como isso funciona? É bem mais fácil do que você está pensando! O que acontece é que o PAI reduz o valor da parcela até a conclusão do curso e, depois que se forma, o novo profissional pronto para o mercado consegue pagar o restante do valor. 

A porcentagem varia de 30% a 50% do valor da anuidade. É isso mesmo: o Parcelamento Inteligente da UniCesumar permite que você pague apenas metade do valor da faculdade enquanto estuda e a outra parte após se formar! E quer saber a melhor parte? Essas formas de parcelamento são determinados de acordo com a sua renda familiar!

Então, fique ligado em como funciona:

  • no caso de uma renda mensal de até 6 salários mínimos, é possível prorrogar 50% do valor da sua graduação;
  • se a renda for entre 6 e 8 salários, o parcelamento é de 40%;
  • se a sua família tem renda média de 8 a 10 salários mínimos, ainda assim é possível utilizar o PAI, pois existe a opção de parcelar 30% do valor total do curso.

4. FIBE

Ele é uma forma de financiamento estudantil que a Uni oferece para quem está em busca de melhores opções de pagamentos para a faculdade. O FIBE estabelece parceria com bancos como Santander e Bradesco para que o estudante possa financiar sua graduação.

Outro ponto importante do FIBE é que ele serve até mesmo para pessoas com renda familiar de até 10 salários mínimos. Então, ainda que você não consiga um financiamento governamental, é possível garantir sua faculdade utilizando essa solução!

Agora que você já conheceu essas oportunidades de estudar pagando menos e até mesmo de fazer a faculdade gratuitamente, o que acha de conhecer mais 6 maneiras de conseguir uma bolsa de estudos? Acredite: as melhores faculdades oferecem descontos que você nem imagina que existem. E o melhor é que a Uni é uma delas!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Call to action | eBook |  Saiba que curso na área de Humanas deve ser a sua escolha de graduação

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action