<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo_unicesumar_horizontal_original
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Foca na Carreira



O mercado está em evolução constante e, para alcançar as melhores oportunidades, é fundamental saber quais são as principais características de um bom profissional. O currículo com um curso de graduação é um diferencial, afinal, o conhecimento técnico é bastante valorizado pelas companhias.

No entanto, o que muitas pessoas não sabem é a necessidade de desenvolver habilidades relacionadas ao comportamento, que poderão refletir diretamente na relação interpessoal. São características positivas, baseadas em competências comportamentais, que fazem toda a diferença na carreira profissional.

Se você está preocupado com o próprio desenvolvimento, vamos mostrar, neste post, quais são as 9 características de um bom profissional do futuro. Confira!

1. Liderança

Uma das principais características profissionais é a capacidade de liderança. Isso se deve a um fator simples: será cada vez mais frequente a procura das empresas por profissionais que querem crescer com elas e que almejam uma trajetória ascendente.

Assim, eles terão uma oportunidade real de desenvolvimento em suas funções e também a possibilidade de gerir setores ou equipes. Entretanto, para isso, é fundamental que a pessoa consiga ser líder.

É importante lembrar que isso não se trata somente de estar em uma posição de comando. Liderar significa dar e receber feedbacks, inspirar os colaboradores, saber estimular os talentos e potencialidades dos indivíduos, ser comunicativo e ter clareza de ideias.

2. Comprometimento

Um bom profissional não é aquele que só faz a sua função para garantir o salário no fim do mês, mas o que tem sede de aprender e fazer diferença no seu ambiente de trabalho. Muito mais do que ser reconhecida pelos superiores, a pessoa está sempre determinada em cumprir seus objetivos e conquistar resultados como uma maneira de satisfação pessoal.

Logo, quanto mais engajado você for, terá facilmente boas recomendações de líderes e recrutadores. Por isso, é possível concluir que o segredo para ter essa característica é estudar bastante.

3. Criatividade

A criatividade é uma das habilidades profissionais mais cobradas pelas empresas. Em decorrência do aumento da concorrência, por causa do avanço tecnológico constante, essa característica se tornou um instrumento para atingir a inovação.

Por isso, não fique com medo de ousar e expor suas ideias, já que as instituições esperam que os colaboradores apresentem soluções inovadoras e diferenciadas. Conhece a expressão “pensar fora da caixa”? Então, é isso que os profissionais devem fazer: ser criativos para modificar serviços, produtos ou processos e, assim, fazer a companhia sair na frente da concorrência.

A criatividade também é uma habilidade fundamental de quem quer ser empreendedor. Uma ideia nova no mercado, que atenda a necessidades urgentes dos consumidores, pode significar um negócio de sucesso.

4. Adaptabilidade

Adaptar-se às mudanças constantes que acontecem no mercado é essencial. Por isso, além de conseguir se adequar às novas perspectivas e aspectos do negócio, o profissional precisa se sentir estimulado e confortável em um ambiente constantemente mutável.

O mercado é muito dinâmico e demanda por colaboradores que acompanhem as transformações. Assim, é necessário saber trabalhar em qualquer lugar: parques, hotéis, aeroportos, em casa, e também em qualquer horário. Isso torna a jornada de trabalho mais flexível, já que horários fixos podem não fazer mais sentido em algumas funções.

Com o futuro e o avanço da tecnologia, todos estarão hiperconectados, ficando mais disponíveis para manter o consumidor mais próximo e para colocar as obrigações em dia.

5. Comunicação

Independentemente do seu ramo de atuação, você só se sairá bem se desenvolver a competência de boa comunicação com os superiores, colegas e diferentes públicos. É muito importante transmitir mensagens com clareza para falar ao telefone, apresentar uma ideia em uma reunião ou em uma conversa informal.

Ter uma boa comunicação também envolve saber o momento certo de ouvir os outros. Para desenvolver essa competência importante, uma opção é ler muito para a ampliação do vocabulário e aprender as regras ortográficas e gramaticais. Para as pessoas que têm medo de falar em público, uma boa saída são os cursos de oratória.

Com a globalização e o maior contato entre as empresas de vários países, ter uma boa comunicação envolve dominar uma segunda língua, como o espanhol ou o inglês.

6. Proatividade

Muitas empresas precisam enfrentar uma competitividade alta e, assim, esperam que sua equipe possa antever as situações e buscar soluções antes que elas provoquem qualquer tipo de prejuízo. Nesse caso, quem procura pelo desenvolvimento profissional precisa demonstrar proatividade.

Além de antecipar um provável cenário ruim para o negócio, quem tem essa habilidade também pode encontrar oportunidades. Isso contribui para que a instituição adote a estratégia certa para não perder mercado.

7. Automotivação

Um bom profissional é aquele que fica sempre motivado e que sabe o que quer. Quando se tem essa direção, podemos traçar as melhores rotas para chegar ao objetivo final.

Assim, não espere que o outro dite suas metas. Tente se encontrar antes e, junto à disciplina, motive-se todos os dias a ser melhor e estar mais perto do que você quer para a vida.

8. Humildade

Pessoas que se acham donas da verdade podem provocar conflitos no time e afetar o clima no trabalho. Saber receber feedbacks negativos e positivos, considerar a lição de quem já tomou decisões erradas e se arrependeu e ouvir sugestões de colegas é essencial a todos os profissionais.

Nessa situação, tente ser capaz de filtrar, absorver e colocar em prática tudo o que aprendeu. Essa não é uma das principais características, mas quem é humilde e sabe ouvir e reconhecer erros, certamente, tem chances maiores de chegar à excelência.

9. Pensamento crítico

As empresas necessitam de gestores e colaboradores com um bom nível de pensamento crítico e raciocínio lógico. Afinal, é por meio dos questionamentos que podemos ver os problemas e encontrar a melhor saída e solução, certo?

Essa competência pode ser desenvolvida pela busca por informações e novos conhecimentos. Tudo isso garante um profissional pronto para agir e pensar do melhor modo.

Agora que você já conhece as características de um bom profissional, lembre-se de desenvolver habilidades fundamentais para se destacar no mercado de trabalho. Depois, basta colocá-las em prática para conseguir se realizar profissionalmente. Por isso, não perca tempo e invista nisso!

Gostou deste post e quer saber mais? Então, #partiu baixar o e-book sobre Desenvolvimento pessoal: o manual para melhorar todos os dias!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action