<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

O dentista é responsável pela saúde bucal por meio de ações preventivas e tratamentos específicos. Esse profissional também pode participar de pesquisas voltadas para o desenvolvimento de produtos e serviços que visam melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Por isso, a carreira em odontologia é considerada uma das mais interessantes atualmente.

Além de exigir dedicação e foco em atualização constante, a profissão requer bom relacionamento com as pessoas, que vão desde os pacientes até os colegas de trabalho. Não basta somente fazer uma boa faculdade e adquirir conhecimento técnico — a empatia também conta muitos pontos para conquistar o tão suado reconhecimento.

Neste post, vamos destacar diversos fatores relacionados à profissão de dentista. A intenção é ajudá-lo a verificar se tem o perfil adequado para atuar nessa área. Confira!

Saiba quais as características do profissional de odontologia

Se você deseja ter sucesso em qualquer carreira, é preciso saber cuidar bem do próximo e ficar atento ao desenvolvimento tecnológico. Ainda mais em odontologia, em que a cada ano surgem novos aparelhos e ações para melhorar a qualidade dos tratamentos.

Outro fator importante para exercer a profissão é a busca pela melhoria contínua. É recomendado fazer cursos de especialização e participar de eventos que apontam as principais novidades do setor.

Também é válido que o dentista saiba se comunicar de forma clara com os pacientes e colegas de trabalho. Ao passar as informações com clareza sobre as atividades desenvolvidas em um tratamento, o profissional conquista a confiança de todos e se mostra aberto ao diálogo, o que contribui para a boa convivência.

É preciso ainda ter bom senso e honestidade com os pacientes. Os serviços devem ser cobrados pelo preço justo, considerando os gastos com o consultório. Usar o desconhecimento para ganhar mais é uma atitude condenável e que vai prejudicar a imagem do profissional futuramente. Por isso, ser ético sempre será uma conduta correta.

Conheça os segmentos da carreira em odontologia

Há diversas especializações pelas quais um dentista pode optar. Para ajudar na escolha de qual considera mais importante, vamos detalhar algumas delas. Acompanhe!

Endodontia

Tem como prioridade as atividades voltadas para prevenir, diagnosticar e tratar problemas que prejudicam a estrutura interna dentária. O profissional ajuda pacientes que enfrentam dificuldades, como:

  • cáries mais complexas;
  • fraturas;
  • lesões na polpa;
  • lesões na raiz;
  • sensibilidade bastante intensa.

Ortodontia

O principal objetivo é fazer com que os dentes fiquem alinhados. Nessa área, o dentista também procura corrigir a oclusão (problema que afeta o encaixe entre as arcadas). Além disso, adota o aparelho ortodôntico para o tratamento dos pacientes, a fim de melhorar a beleza do sorriso e a saúde bucal.

Implantodontia

Esse segmento da odontologia destaca-se pelo uso de implantes dentários, que possibilitam mais qualidade de vida aos que perderam um ou mais dentes. Esse profissional ainda realiza exames clínicos e o planejamento de cirurgias. Com essas ações, ele tem mais possibilidades de oferecer um tratamento mais adequado aos pacientes.

Odontologia Estética

É um setor que vem evoluindo bastante nos últimos anos. Muitas pessoas procuram dentista especializado nessa área para ter um sorriso mais bonito e uma maior harmonização da face. Afinal, a aparência tem um grande poder sobre a autoestima.

Esse profissional também trabalha com outras atividades direcionadas ao bem-estar dos pacientes, por exemplo:

  • clareamento dentário;
  • cirurgias que mudam o posicionamento da gengiva;
  • facetas de porcelana;
  • lentes de contato.

Odontopediatra

É o profissional que tem como missão cuidar da saúde bucal das crianças. Hoje, é comum também o dentista oferecer tratamento dentário para bebês. A intenção é prevenir eventuais problemas, propiciando um desenvolvimento melhor dos pacientes.

Odontogeriatria

O foco é atender às demandas dos que estão na terceira idade. É fundamental ser um profissional muito paciente e detalhista para obter resultados satisfatórios com esse segmento da população. Sem dúvida, é bom ter no currículo uma avaliação positiva dos pacientes.

Cirurgia e traumatologia bucomaxilofacial

Nessa área, o dentista trabalha no ambiente hospitalar, sendo também responsável por tratar lesões que afetam os ossos e os tecidos faciais.

Veja como está o mercado de trabalho

A carreira em odontologia exige muita capacidade de superação. Um dos motivos é a grande concorrência do setor. De acordo com o Conselho Federal de Odontologia (CFO), o Brasil tinha 280.306 cirurgiões-dentistas em 2016, sendo o país com o maior número de profissionais da área no mundo.

Outro fator que exige muita força de vontade para alcançar o sucesso é o investimento necessário para montar um consultório próprio. É preciso contar com, no mínimo, 10 mil reais para ter um local de trabalho bem equipado e apto para atendimento.

Em cidades de grande e médio porte, esse valor é ainda maior. Afinal, é preciso contar com bons recursos para chamar a atenção do público-alvo e oferecer um tratamento melhor do que o da concorrência.

Oportunidades

Além do consultório próprio, o dentista pode trabalhar em outros locais. Um deles é a clínica particular, que pode ser aberta em parceria com outros colegas ou ligada a um convênio odontológico.

Há também chances de trabalho em hospitais particulares e no setor público. Nesses lugares, é possível atuar em unidades básicas de saúde, unidades de pronto atendimento, hospitais e no Programa Saúde da Família (PSF).

Atualmente, empresas e escolas contratam dentistas para o desenvolvimento de iniciativas voltadas para a prevenção da saúde bucal. Os que exercem a carreira de odontologia podem ainda atuar com pesquisadores em universidades.

Em virtude da alta demanda, muitos dentistas são requisitados para dar aulas em instituições de ensino superior públicas ou privadas. Assim, eles contribuem positivamente para a formação de novos profissionais.

Remuneração

Em muitos casos, o salário tem um peso importante na hora de decidir o futuro profissional. No caso dos dentistas, há uma grande variedade na remuneração mensal, em virtude de aspectos como especialização do profissional, número de clientes e perfil do público-alvo.

De acordo com estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), os dentistas têm uma média salarial de R$ 5.367 no Brasil. Contudo, esse valor pode ser superado à medida que o profissional se qualifica.

A carreira de odontologia, sem dúvida, é muito atraente para os jovens. Isso porque oferece desafios e recompensas interessantes. Afinal, ver um paciente feliz com um novo sorriso é algo que não tem preço.

Se você gostou deste post, não deixe de compartilhar com seus amigos nas redes sociais.

Select Different CTA for each Post from Blog Editor

New Call-to-action
    lupa

    Let Us Know What You Thought about this Post.

    Put your Comment Below.