<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de estudos



Sabe aquele diferencial no currículo que você precisa ter para fazer o recrutador pensar: "vale a pena conhecer esse candidato"? Então, o que realmente chama chama a atenção para o profissional que busca uma vaga é o conhecimento que ele possui. Por isso, para se destacar da concorrência, o diploma de graduação é um requisito mínimo. O ideal é investir em outras formações, como um curso de extensão universitária.

Mas você sabe qual é a importância desse tipo de curso para o seu currículo? Então, não perca este post! Vamos explicar como ele funciona, como contribui para que você tenha uma formação mais completa e ajuda o mercado de trabalho a vê-lo de uma maneira diferenciada. Acompanhe!

O que é um curso de extensão universitária?

É um programa de curta duração oferecido por muitas universidades. Ele tem o objetivo de complementar os conhecimentos da graduação por meio de atividades acadêmicas e práticas. Dessa forma, o aluno consegue ter um desempenho melhor na função que ele exerce no mercado ou ter um preparo diferenciado caso alguma oportunidade apareça.

Os cursos de extensão universitária são rápidos. Eles costumam durar cerca de 3 meses e o certificado é emitido pela própria faculdade. O objetivo pode ser tornar o profissional um expert em um determinado assunto ou até mesmo abordar novos conhecimentos que não fazem de uma graduação tradicional.

Quer exemplos? Imagine que você tenha feito um curso de Pedagogia e trabalha com alfabetização. Porém, como profissional, o seu desejo é conhecer o que há de melhor, mais moderno e eficaz nessa área. Então, existe a possibilidade de encontrar um curso focado especificamente no processo de alfabetização.

Outro exemplo simples é o do estudante de Engenharia. Ele pode se interessar por Business Process Management (BPM) e buscar programas de extensão específicos para isso.

Porém é importante destacar que o curso de extensão universitária não é uma pós-graduação. Para participar de um deles, a universidade não exige um diploma de curso superior naquela área. Portanto, qualquer pessoa pode se inscrever e obter o certificado, inclusive quem ainda está fazendo uma faculdade. O tempo de duração também é bem menor e o foco está em um tema específico.

No entanto, o curso de extensão também não é um curso livre. Ele precisa ser oferecido por uma universidade credenciada pelo Ministério da Educação (MEC) e seu certificado é válido em todo o Brasil e em muitos outros países. Por isso, ele é bem diferente de plataformas em que qualquer profissional pode criar um curso e vender.

Por que fazer um curso de extensão universitária?

Agora que você entendeu o que é um curso de extensão, vamos falar um pouco sobre as vantagens desse tipo de formação. Confira!

Rapidez

Os cursos de extensão são muito rápidos e podem ser concluídos em poucos meses. Dessa forma, eles são interessantes para quem quer adquirir um conhecimento específico em um curto período de tempo ou mesmo dar um upgrade em seu desempenho profissional.

Então, se o seu objetivo é impressionar o chefe e conquistar uma promoção, por exemplo, ele pode ser uma excelente alternativa. Os resultados aparecerão logo, fazendo com que você se destaque! Além disso, muitas instituições oferecem cursos de extensão a distância. Assim, o aluno consegue cumprir todo o programa no horário em que ele consegue estudar e sem precisar se deslocar até um determinado lugar.

Conhecimento diferenciado

Hoje em dia, o diploma universitário é um requisito mínimo que o candidato precisa apresentar. Por isso, se você quer se destacar em processos seletivos e chamar a atenção do recrutador para seu currículo, é muito importante ter formações adicionais.

Imagine um estudante de Arquitetura, por exemplo. Ele pode estar em busca de um estágio, que é a porta de entrada para o mercado de trabalho. Agora pense que no currículo que ele apresentou à empresa, ele não tem apenas um curso universitário em andamento. Entre seus conhecimentos, estão vários certificados, inclusive de AutoCAD, que é um programa muito usado nesse tipo de negócio.

Nesse caso, o recrutador entende que esse candidato pode ser mais útil para a empresa do que seus concorrentes. Afinal, ele já desenvolveu uma competência que os outros não possuem, exigirá menos esforço com treinamentos e apresentará bons resultados em um período menor. Além disso, o fato de ter buscado uma formação extra mostra que ele é proativo e busca melhorar seu desempenho espontaneamente.

Melhorar o desempenho em tópicos específicos

Muitas vezes, a faculdade proporciona uma formação ampla, mas superficial. Calma! Não culpe seus professores por isso e nem a instituição! O que acontece é que, por ter um período limitado de 4 anos e uma série de disciplinas para ensinar, eles precisam concentrar seus esforços no conhecimento básico.

Porém, depois de entrar no mercado de trabalho, é possível que você encontre emprego e comece a exercer uma função específica. Nesse momento, provavelmente sentirá falta de um conhecimento mais aprofundado em determinados tópicos, que envolva não só a teoria, mas principalmente a prática. Isso é natural.

Os cursos de extensão oferecem uma solução para esse problema, pois o aluno pode procurar formação complementar exatamente sobre esses temas. Assim, ele melhora seu desempenho e passa a ser conhecido na empresa como alguém que realmente domina sua função, o que acelera seu sucesso profissional.

Aplicar o conhecimento

Em muitos cursos de extensão, a ênfase está na aplicação do conhecimento. Portanto, o aluno tem acesso a um programa de ensino muito mais prático, que permite que ele realmente domine a execução das tarefas de seu dia a dia e desenvolva habilidades fundamentais para se destacar. Assim, ele volta para a empresa preparado para colocar a mão na massa e usar a teoria da faculdade de forma eficiente, produzindo resultados a curto prazo.

Finalmente, o curso de extensão universitária é interessante tanto para quem está começando na carreira quanto para quem já está há algum tempo no mercado. Trata-se de uma opção rápida, que exige um investimento muito acessível e que diferencia o profissional diante dos recrutadores ou dentro da empresa onde trabalha.

E então, você já sabia que o curso de extensão universitária poderia dar um up no seu currículo e ajudá-lo a progredir na carreira? Conte essa novidade aos seus amigos compartilhando o post nas redes sociais. Eles também vão gostar de conhecer essa oportunidade!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action