<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de Carreira / Vestibular



Não é novidade que os cursos da área de saúde são cada vez mais procurados por estudantes que estão saindo do Ensino Médio. O que muitos não sabem é que o mercado de trabalho para muitas dessas profissões também está se expandindo.

Um desses casos é o curso de Farmácia. Apesar da crise econômica, o Brasil é o sexto maior mercado farmacêutico do mundo. A notícia fica ainda melhor: a expectativa para os próximos anos — mais precisamente até 2022 — é que ultrapasse a França, tornando-se o quinto maior mercado.

Quer saber mais sobre essa profissão? Contaremos neste post tudo que você precisa saber sobre o curso em Farmácia. Não perca!

Conheça o curso de Farmácia

A graduação prepara o estudante para atuar nos diversos segmentos da área. A grade curricular abrange desde disciplinas básicas e essenciais para exercer a profissão, como Farmacologia, Bioquímica, Microbiologia e Bioestatística, até matérias destinadas a alguns dos ramos que o futuro farmacêutico pode seguir, como Farmácia Estética e Homeopática.

Com duração média de quatro anos, geralmente as aulas acontecem em meio período. Além de conteúdos teóricos, conta com a prática em laboratórios específicos de áreas básicas (Química Orgânica, Anatomia Humana e Farmacognosia) e das específicas, como Microscopia, Análises Clínicas e Parasitologia.

Além disso, atuação na prática também é desenvolvida nos estágios supervisionados que os estudantes realizam nos dois últimos anos da graduação. Isso garante mais experiência e maior contato com a profissão antes mesmo de ingressar no mercado de trabalho. Uma oportunidade e tanto, não é mesmo?

Saiba quais são as áreas de atuação

Diferente do que muitas pessoas pensam, a atuação dos farmacêuticos não se resume somente às drogarias e farmácias. Há um amplo leque de atuação para os farmacêuticos, visto que os profissionais são necessários ao longo de toda a produção do medicamento.

Isso inclui pesquisa, identificação de reações que algumas substâncias podem causar ao organismo, formulação de cosméticos, controle de qualidade de alimentos, testes de princípios ativos, gestão farmacêutica, entre outras atividades. Além disso, hospitais (públicos ou privados), laboratórios e indústrias também oferecem boas oportunidades de emprego.

De acordo com o Conselho Federal de Farmácia, existem 135 especialidades farmacêuticas, sendo que elas estão agrupadas nas seguintes áreas de atuação:

  • alimentos;
  • educação;
  • análises clínico-laboratoriais;
  • farmácia hospitalar e clínica;
  • farmácia;
  • farmácia industrial;
  • práticas integrativas e complementares;
  • gestão;
  • toxicologia;
  • saúde pública.

Atualmente, devido à gama de especialidades e ao uso de tecnologias aplicadas à indústria farmacêutica, o mercado de trabalho oferece alta empregabilidade até mesmo para os recém-formados.

Pensando nisso, explicaremos abaixo 8 carreiras promissoras que você poderá seguir após se formar em Farmácia. Confira!

1. Atenção Farmacêutica

Se você pensa em estudar Farmácia e busca mais proximidade com as pessoas, a Atenção Farmacêutica pode ser a carreira ideal para seu futuro. Os profissionais que atuam nesse campo são os responsáveis pela orientação de pacientes no dia a dia, prescrição de medicamentos que não necessitam de receita médica, aconselhamento quanto ao tratamento e prevenção de doenças.

Desde 2014, com a recuperação da autonomia e da autoridade dos farmacêuticos dentro de farmácias e drogarias, a área vem se tornando cada vez mais promissora. Esse tipo de atuação também pode acontecer em laboratórios e empresas do setor.

2. Análise Clínica e Toxicológica

Essa área é encarregada de analisar materiais biológicos. Sua função principal é detectar doenças provocadas por agentes infecciosos ou por intoxicações, sejam elas alimentares ou causadas por drogas e produtos químicos. O trabalho normalmente é realizado em laboratórios e os profissionais são essenciais para a descoberta de novos tratamentos, o que torna o segmento bastante promissor.

3. Análise ambiental

Com o aumento dos níveis de poluição e surgimento de diversos problemas ambientais, as análises da água, do ar e do solo se tornam cada vez mais necessárias, já que é preciso haver o controle de contaminantes de determinados ambientes. Devido ao amplo conhecimento garantido pela graduação em Farmácia, também é um ramo no qual os farmacêuticos podem atuar.

4. Perícia criminal

Apesar de não ser uma área exclusiva para farmacêuticos, a perícia também é uma boa opção para quem pretende trabalhar com análises. Nesse caso, é possível atuar de diversas maneiras: coletando materiais (biológicos ou não) no local de um crime, analisando amostras recolhidas e até mesmo identificando criminosos por meio do material analisado. Atualmente, esta área está crescendo no Brasil.

5. Cosmetologia

Formular cosméticos e produtos de higiene também são atividades que os farmacêuticos podem realizar — e a Cosmetologia é a área perfeita para isso. É possível atuar não somente na elaboração de fórmulas, mas também na produção e no controle de qualidade de protetores solares, sabonetes, shampoos, entre outros cosméticos. A atuação pode acontecer tanto em indústrias cosmetológicas, quanto em farmácias de manipulação.

6. Pesquisa Clínica

As inovações tecnológicas e os testes de novos princípios ativos têm grande importância para o crescimento da indústria farmacêutica. Por esse motivo, a área de pesquisa precisa cada vez mais de farmacêuticos que possam testar a aplicação de novos medicamentos e analisar as reações dos pacientes que são submetidos a eles. Com isso, pode testar se o produto é eficaz e verificar possíveis efeitos colaterais.

7. Farmacovigilância

Com o surgimento dos novos medicamentos, a demanda nesse ramo também aumenta. Isso acontece porque o profissional de Farmacovigilância, que costuma trabalhar em indústrias farmacêuticos e empresas de cosméticos, é o responsável por estudar os efeitos adversos antes mesmo que os produtos sejam comercializados. Também fica a cargo dele analisar e testar se há segurando para uso em outras pessoas.

8. Docência

Farmacêuticos que tem pós-graduação, mestrado ou doutorado podem atuar como professores universitários ou em cursos técnicos. Eles podem ministrar não somente aulas específicas da Farmácia, mas também disciplinas que são comuns de graduações da área de biológicas (como Química e Biologia). Com o aumento do número de universidades no Brasil e a alta procura por cursos de saúde, é uma opção muito promissora — além de permitir maior flexibilidade de horários.

Como você pode ver, há muitas carreiras interessantes para farmacêuticos, não é mesmo? Basta definir qual delas combina mais com seu perfil e dar uma chance a ela! Não se esqueça de escolher bem a faculdade, para que suas expectativas sejam atendidas.

Quer saber mais sobre o curso de Farmácia? Não perca mais tempo! Entre em contato conosco. Estamos a sua espera!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Call to action | eBook |  Saiba que curso na área de Humanas deve ser a sua escolha de graduação

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action