<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo_unicesumar_horizontal_original
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Engenharia de Controle e Automação



Ficar em dúvida sobre qual carreira seguir é algo bastante comum entre os estudantes que querem ingressar em um curso superior. A indecisão fica ainda maior quando se trata de faculdades relacionadas, como Engenharia de Controle e Automação ou Engenharia Mecatrônica. Com uma perspectiva promissora de empregabilidade e sucesso na área, ambos os cursos são muito cogitados.

No entanto, é essencial entender melhor sobre cada um para fazer a escolha certa, evitando arrependimentos no futuro. Pensando nisso, preparamos este post para que você possa conhecer as principais diferenças entre as profissões. Confira!

Áreas de atuação

Para projetar seus sistemas industriais e máquinas, o engenheiro de controle e automação pode se especializar em uma das principais áreas de atuação em alta. Veja, a seguir, algumas opções!

Indústria

Uma especialidade que oferece diversas vagas é a industrial, principalmente, nos ramos automobilístico, de mineração, portuário, metalurgia, siderurgia e petroquímico. Os profissionais podem trabalhar, também, em sistemas de tratamento de esgoto e água e em usinas de geração de energia.

Saúde

Sabia que os engenheiros de controle e automação também atuam na área da Saúde? Isso mesmo: eles podem desenvolver e fazer a manutenção preventiva e corretiva de equipamentos hospitalares. O campo está em crescimento, principalmente, com o uso das tecnologias em cirurgias, permitindo a utilização de robôs.

Serviços

Esse tipo de profissional também trabalha no ramo de serviços, com projetos de automação predial e residencial. Sabe aquele dispositivo que liga a luz e o ar-condicionado de uma residência apenas com o toque do celular? Pois bem, esse é um trabalho feito pelo engenheiro de automação.

Já o profissional de Engenharia Mecatrônica também encontra uma vasta área de atuação, e ele pode optar pela especialização após a conclusão da graduação. Confira as principais alternativas!

Automação de processos industriais

Nessa área, o profissional tem a função de automatizar todo ou uma parte do processo de fabricação de produtos. Ele atua com automação nos seguintes níveis: gerenciamento de planta, supervisão, controle de processos e fábrica.

A automação não é exclusiva de empresas de grande porte. Médios e pequenos negócios também podem automatizar os processos industriais utilizando a mecatrônica.

Projeto de equipamentos

Os engenheiros mecatrônicos também são responsáveis por desenvolver o maquinário industrial. Eles utilizam seus conhecimentos de informática, eletrônicos e mecânicos para projetar soluções que resolvem problemas específicos.

Produtos para o consumidor final

Nessa especialidade, os engenheiros projetam e desenvolvem produtos mecatrônicos domésticos que auxiliam na realização de atividades do dia a dia. Isto é, equipamentos como lavadoras de roupa, micro-ondas, cafeteiras, impressoras e, até mesmo, próteses 3D para adultos e crianças.

O setor industrial é o empregador principal dos engenheiros mecatrônicos que desejam atuar nessa área. Contudo, eles também criam seu próprio negócio de mecatrônica para comercializar produtos aos consumidores finais.

Grade curricular

O curso de Engenharia de Controle e Automação é do tipo Bacharelado. Ao longo da graduação, o estudante aprende desde a base comum até matérias completamente voltadas ao desenvolvimento de sistemas automatizados, softwares e máquinas.

Quer saber o que você vai estudar ao ingressar nesse curso superior? Então, dê uma olhada em algumas disciplinas que compõem a grade curricular:

  • Eletrônica Digital;
  • Cálculo Numérico;
  • Eletricidade Básica;
  • Fundação e Soldagem;
  • Física Geral e Experimental;
  • Algoritmo e Programação;
  • Ciência dos Materiais;
  • Desenho Técnico;
  • Empreendedorismo;
  • Gestão de Projetos de Engenharia;
  • Geometria Analítica e Álgebra Linear;
  • Introdução à Engenharia.

Já a graduação em Engenharia Mecatrônica é extensa e voltada para o desenvolvimento de conhecimentos físicos técnicos e matemáticos. Por isso, é necessário esperar uma grande dedicação dos estudantes para garantir o aprendizado e as melhores notas nas matérias ensinadas ao longo da faculdade. As principais disciplinas estudadas são:

  • Ciência e Tecnologia dos Materiais;
  • Circuitos Elétricos;
  • Automação de Sistemas;
  • Arquitetura e Organização de Computadores;
  • Acionamentos Elétricos;
  • Equações Diferenciais;
  • Engenharia de Sustentabilidade;
  • Linguagem de Programação;
  • Resistência dos Materiais;
  • Álgebra Linear.

Tempo de formação

De maneira geral, os dois cursos são do tipo Bacharelado e duram aproximadamente cinco anos (dez semestres). Durante esse tempo, os estudantes entrarão em contato com matérias básicas e específicas.

Ao fim desse período, eles também devem elaborar um TCC (Trabalho de Conclusão de Curso) e fazer um estágio obrigatório. Essas situações colocarão os conhecimentos adquiridos em prática, contribuindo para a formação completa.

Os estágios, muitas vezes, também são realizados no decorrer da faculdade. Essa experiência é sempre bem-vinda, já que atuar na profissão desde cedo é o melhor modo de aprender de uma maneira mais focada e dinâmica.

Conhecimentos na área

Tanto o engenheiro de controle e automação quanto o engenheiro mecatrônico contam com uma formação completa durante a graduação, tornando-o um profissional com uma ampla visão. Os principais conhecimentos adquiridos das áreas são:

  • sistemas elétricos;
  • mecânica;
  • informática;
  • Engenharia Eletrônica.

Mercado de trabalho

O mercado de trabalho de ambas profissões é muito aquecido. Em relação à Engenharia de Controle e Automação, a modernização dos parques fabris diante da economia globalizada é crescente. Por isso, o profissional se torna peça-chave nessa transformação.

Além disso, o ramo de automação predial e residencial também está em expansão, com dispositivos que proporcionam segurança e conforto. Na área da Saúde, a robótica permite cirurgias cada vez mais seguras e precisas, por isso, é considerada uma especialidade em expansão para esse tipo de engenheiro. O salário também é muito atrativo: a média é de R$7.252,73.

Já na Engenharia Mecatrônica, por se tratar de uma graduação relativamente nova e com determinação abrangente, o profissional pode trabalhar em diversos locais, sendo fundamental para a sociedade. Os conhecimentos desses engenheiros são usados nos mais diferentes ramos, que vão desde a educação até a saúde e o varejo.

Portanto, o que não falta são áreas de atuação para os profissionais, que têm a colocação garantida no mercado de trabalho após a formação. A remuneração também é promissora, com média de R$6.345,12.

Independentemente da escolha do curso, o primeiro passo para o sucesso profissional é optar por uma faculdade reconhecida e de qualidade. Aqui na UniCesumar, você conta com infraestrutura completa e poderá estudar com um corpo docente preparado. Por isso, no momento de decidir pela graduação ideal, não perca tempo e venha para a Uni!

Se você tinha dúvidas entre Engenharia de Controle e Automação ou Engenharia Mecatrônica, percebeu que as duas áreas são muito similares, mas contam com diferenças marcantes. Assim, no momento de escolher o curso, leve em conta o seu perfil e as suas preferências pessoais.

Gostou do conteúdo e quer conhecer os principais cursos ofertados pela UniCesumar? Então, entre em contato conosco. Será um prazer tirar as suas dúvidas!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS
    New call-to-action
    New call-to-action
    planejamento financeiro

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    New call-to-action

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action