<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Engenharias



Entrar na faculdade de Engenharia Mecânica é um sonho para muitos estudantes quando terminam o Ensino Médio. Porém, é muito comum que surjam inúmeras dúvidas sobre a atuação de quem se forma na área e sobre os desafios enfrentados por um engenheiro mecânico em início de carreira, não é mesmo? Afinal, como é possível se destacar nessa profissão?

Se você está prestes a entrar no Ensino Superior e quer saber tudo sobre esse curso ou se você já está na graduação, mas vive se perguntando o que fazer depois de pegar o diploma, chegou a hora de dar adeus para todos os questionamentos que tiram o seu sono. Hoje, vamos contar todos os detalhes que você precisa saber para ter uma carreira de muito sucesso!

O que faz um engenheiro mecânico?

Em geral, as engenharias permitem a atuação em diversos setores do mercado de trabalho — e isso não é diferente no caso da Engenharia Mecânica. Por isso, mesmo um engenheiro mecânico em início de carreira consegue encontrar um leque de opções para trabalhar quando sair da faculdade, principalmente se tiver feito bons estágios ao longo de sua formação.

Atualmente, os profissionais da área podem atuar em muitos ramos da indústria, desde etapas de desenvolvimento de ferramentas industriais, máquinas e elaboração de sistemas, até a fase de supervisão e análise de trabalho nesses locais. Por isso, eles também podem realizar vistorias em empresas do setor industrial, emitir laudos e fiscalizar a criação de motores.

No entanto, caso você seja o tipo de pessoa que gosta de pesquisar, descobrir coisas novas e ajudar na inovação da profissão, também temos uma boa notícia: existe a possibilidade de ser um pesquisador na área! Assim, você pode realizar estudos que vão auxiliar na elaboração de novos projetos importantes. Ou seja: tem espaço para quem gosta da prática e, também, para quem não abre mão da teoria!

Quais são os desafios de um engenheiro mecânico em início de carreira?

Da mesma forma que ocorre em outras profissões, é claro que existem alguns desafios na vida de um engenheiro mecânico. Um dos principais deles é a competitividade no mercado de trabalho! Além disso, também existe a necessidade de se manter sempre por dentro de todas as inovações que surgem no mundo da engenharia mecânica e ser cada vez mais especializado.

Outro desafio, um dos maior preocupantes para quem está começando a carreira, é a experiência profissional que muitas empresas exigem dos profissionais. Para driblar esses obstáculos, é preciso começar a se destacar o quanto antes. Quer saber como pode fazer isso? Anota essa #dicadaUni: aproveite tudo que a faculdade oferece!

Participar das atividades extracurriculares e dos projetos universitários são boas maneiras de começar a construir seu futuro profissional antes mesmo de se formar! Isso vai ajudar você a ter um currículo diferenciado ao terminar a graduação. E se você acha que não tem como adquirir experiência enquanto estuda, pode mudar de ideia: os estágios serão seus aliados nisso.

5 dicas essenciais para um engenheiro mecânico em início de carreira

Agora que você já sabe como é a atuação na área e tem consciência de alguns desafios que podem surgir no seu caminho, nada melhor do que saber como pode driblar os obstáculos para conseguir conquistar todos aqueles sonhos que estão na sua lista de metas, concorda? Pensando nisso, selecionamos as 5 melhores dicas que todo engenheiro mecânico precisa colocar em prática! Confira!

1. Saiba tudo sobre as tecnologias

A Engenharia Mecânica é uma área altamente tecnológica! Portanto, quanto mais você entender sobre novos equipamentos, ferramentas inovadoras e maneiras de aplicar a tecnologia ao seu trabalho, maiores serão suas chances de colocação no mercado de trabalho ou até mesmo de empreender na área. #Partiu dominar as tecnologias mais modernas?

2. Melhore seu networking

Se seu objetivo é ser contratado ao fim do estágio ou conseguir um bom emprego assim que terminar as últimas provas da faculdade, existe uma coisa que pode ajudar muito nisso: conhecer as pessoas certas. É claro que seu conhecimento adquirido ao longo da graduação é essencial. Porém, se ninguém souber que você tem tanto potencial, será muito mais difícil garantir uma contratação.

Por isso, deixe a vergonha de lado e se aproxime de professores da faculdade, procure bons contatos no LinkedIn e, se possível, converse com pessoas da sua área sempre que participar de palestras, workshops e outros eventos profissionais. Já ouviu falar que quem não é visto, não é lembrado? Isso se aplica ao mundo do trabalho!

3. Desenvolva as habilidades necessárias

Acredite: não é só de teoria que vive um engenheiro mecânico em início de carreira. Desenvolver as habilidades práticas é primordial! Sendo assim, não perca a oportunidade de estagiar, participar das aulas em laboratórios na faculdade e testar seus conhecimentos sempre que possível. Isso aumenta suas chances de ter seu currículo sendo disputado pelas empresas!

4. Não pare de estudar

Muitas pessoas pensam que só precisam estudar durante os anos de curso superior. Esse é um dos maiores enganos dos estudantes, principalmente em áreas como a Engenharia Mecânica! É importante se manter atualizado o tempo todo — e quer saber qual é a melhor forma de fazer isso? A resposta é mais simples que você imagina: estudando sempre que possível e entendendo as tendências da sua profissão.

5. Tenha um bom planejamento

Se os seus anos de graduação foram marcados por uma rotina de estudos organizada, com horários específicos para as atividades e um planejamento impecável, saiba que você está no caminho certo. Mais que isso: mantenha-se assim depois que terminar a faculdade, ok?

Organização e planejamento são as palavras de ordem para quem está em busca do primeiro emprego e, também, para quem acabou de conquistar a vaga dos sonhos. Afinal, são habilidades muito úteis na hora de realizar projetos e desenvolver processos importantes na indústria.

Além dessas 5 dicas que vão fazer a diferença na sua carreira, há outra coisa que é igualmente importante para a atuação de um engenheiro mecânico em início de carreira: estudar numa boa instituição de ensino! A faculdade é a responsável por formar a base que você precisa para dominar as técnicas necessárias na profissão. Portanto, é preciso fazer uma boa escolha!

Se você ainda não escolheu o melhor lugar para estudar, está na hora de conhecer a UniCesumar! O curso de Engenharia Mecânica da Uni oferece atividade prática desde os primeiros anos de estudos, com aulas em laboratórios específicos, onde é possível desenvolver protótipos e estudar as tecnologias mais avançadas. Além disso, ao longo dos cinco anos de graduação, você terá disciplinas essenciais para todos os campos de atuação na área.

Então, se você quer se tornar um engenheiro mecânico de sucesso, vale a pena conhecer a Uni e se formar na universidade que prepara você para ser o profissional que as empresas querem.

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Um cabeçalho claro e arrojado

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action