<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de estudos



Nem parecia aquela Manu de meses atrás! Não ter passado no primeiro vestibular tinha deixado a menina bastante triste — na época, a ponto de sentir dificuldades em continuar sua rotina. Ainda bem que não havia deixado se abater por aquela derrota! Porque, agora, estava irradiante e sentia o gostinho da vitória: havia conseguido uma ótima classificação no vestibular da outra cidade

Contudo, estava com um probleminha. Pensar no futuro só a deixava com medo e mais ansiosa ainda. Não conseguia decidir se estudar em outra cidade seria mesmo uma boa. “Será que não é melhor continuar morando com os meus pais e tentar o próximo vestibular perto de casa?”, pensava.

Eram reflexões que a inquietavam. Mas precisava chegar a uma conclusão sobre como levar sua vida! Quer saber o desenrolar de mais uma história da Manu? Então, continue conosco!

Analisando as opções

Manu já nem dormia direito por causa de suas inquietações. Às vezes, achava que acabaria enlouquecendo por pensar demais! “Será que alguém já foi pro hospício assim?”. Precisava conversar sobre essas coisas com alguém que a ajudasse a refletir melhor sobre tudo. E não tinha dúvidas de quem: sua psicóloga!

— Olha, Manu! Você sabe que a decisão é sua, não é? Eu não posso dizer o que você deve fazer. Mas, pelo que percebo de pacientes antigos que já estiveram nessa mesma situação é que eles tiveram um grande crescimento pessoal e profissional aceitando essa experiência.

— Pois é. Andei lendo uns depoimentos de estudantes que moram em repúblicas. Alguns falaram sobre esse amadurecimento mesmo! Fiquei animada! Você bem sabe, né… sempre tive vontade de entrar na faculdade e me tornar logo adulta! Ao mesmo tempo, tenho medo de dar tudo muito errado. É algo que pode mudar bastante meu destino, né? Mas, se eu aceitar ir… 

O que preciso saber antes de estudar em outra cidade?

A psicóloga ajudou Manu com diversas questões. Na experiência dela, primeiro é importante analisar os fatos com calma. Não fazer a decisão baseada apenas na sua ansiedade ou no seu medo, sabe? Então, que tal estudar melhor essa ideia e começar a se preparar com as orientações a seguir?

Conheça a cidade antes da mudança

Muitos estudantes, inclusive a Manu, sempre tiveram essa sede grande de ganhar sua independência logo. Mas não rola dar um passo maior que as pernas, certo? O local em que moramos influencia consideravelmente nosso bem-estar. Então, antes da decisão, planeje uma viagem e passe alguns dias na cidade. Avalie como você se sente com relação a, por exemplo, clima, segurança, infraestrutura e moradores.

Abra-se a novas amizades e experiências

Ter abertura para tudo novo também é importante. Há pessoas que não conseguem se desprender do que deixaram para trás e acabam entrando em depressão. Elas estão conectadas ao que “perderam” e não conseguem enxergar o que podem ganhar. Então, esteja receptivo a conhecer novas pessoas e a ter experiências diferentes das que você está acostumado em sua cidade.

Organize a vida financeira

Precisamos falar de dinheiro também! Você já pensou em como dará conta de se virar financeiramente? Será preciso pagar aluguel, alimentação, transporte, livros, medicamentos, diversão... Ufa! Haja boletos!

É legal avaliar se sua família poderá ajudar ou se você precisará trabalhar (mesmo que seja em regime de estágio). Outra questão a se considerar é se você vai morar sozinho ou com colegas.

Além disso, independentemente da forma como você sobreviverá financeiramente, é importante colocar todas as contas no papel, inclusive o chiclete comprado. Sabemos que isso parece chato, mas evita que o dinheiro acabe antes do final do mês.

Busque uma moradia próxima da faculdade

Na verdade, isso é apenas uma dica do que a maioria dos estudantes considera ideal. Ao morar próximo da faculdade, você evita gastar muito com transporte e foge do trânsito. Como seu foco será os estudos, o dia a dia fica mais prático. É bom lembrar que, além das aulas, você precisará fazer muitos trabalhos, estudar para provas e frequentar a biblioteca.

Conheça os veteranos

Os veteranos sempre têm boas dicas sobre a vida universitária, sobre como levar o curso ou quais matérias dar mais atenção, por exemplo. Isso pode parecer besteira para quem estuda na mesma cidade em que sempre morou, mas, quando nos mudamos, qualquer detalhe importuno parece ter o poder de nos aborrecer ainda mais. 

Os veteranos ainda costumam dar dicas sobre repúblicas por perto. Além do mais, podem ser ótimas amizades e influências.

Analise a acessibilidade a necessidades básicas

Outro ponto importante para você analisar são as acessibilidades, como supermercado, farmácia, hospitais e transporte público. Por exemplo, se você tem plano de saúde, ele será aceito na outra cidade e nos hospitais próximos? Eles têm boa infraestrutura? E quando você precisar comprar comida: tem um mercado por perto? Essas praticidades dizem muito sobre o local. 

A decisão precisava ser tomada!

Manu saiu da sessão com a cabeça fervilhando. Toda a conversa a havia feito pensar sobre inúmeras coisas! Precisava, agora, conversar com os pais antes de tomar sua decisão. Apesar de já ter 18 anos, sentia que precisava do apoio deles.

— Minha filha! Que notícia maravilhosa! Primeiro, parabéns pelo vestibular! É uma conquista que você merece. E uma graduação, você sabe, é essencial! Eu e seu pai já conversamos algumas vezes sobre o quanto nos orgulhamos de ter uma filha tão dedicada e persistente! Com relação à escolha, ela é sua, e nós apoiaremos em todo caminho que seguir. Pela minha experiência, mudar de cidade pode nos abrir portas incríveis!

“A vida é engraçada, às vezes...”, ela pensou. “... nos diz um grande ‘não’ lá atrás, para, depois, nos surpreender com um ‘sim’ lá na frente. As coisas nem sempre acontecem da forma como imaginamos. Mas é importante ter a mente aberta e analisar as oportunidades que nos são dadas. Elas podem nos levar a caminhos ainda melhores!”.

A decisão estava tomada! Manu aceitou o desafio que o universo deu. Mudaria-se para estudar em outra cidade, conhecer novas pessoas e dar a si a chance de conquistar o crescimento pessoal e profissional que sempre desejou. Agora, sua ansiedade era diferente: mal via a hora da vida nova começar!

Gostou da história da Manu? Ela é uma personagem fictícia no blog, mas conta as dificuldades pelas quais muitos jovens passam. Aproveite e leia, no próximo artigo, quais os motivos para estudar na UniCesumar!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Call to action | eBook |  Saiba que curso na área de Humanas deve ser a sua escolha de graduação

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action