<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de estudos



Vai estudar para o vestibular e decidiu que quer fazer isso sozinho? Seja qual for o motivo da sua escolha, saiba que, sim, é possível! Muitos estudantes conseguem alcançar ótimos resultados nas provas mesmo sem passar por cursinhos preparatórios.

A escolha é muito válida, mas é importante ter foco e disciplina para manter uma rotina de estudo organizada, além, é claro, de superar os desafios de estudar em casa. Os recursos tecnológicos, se bem usados, também são ótimos auxiliares para adquirir conhecimento e turbinar o aprendizado.

Mas só isso não é o suficiente para conseguir uma aprovação. Para conquistar a tão sonhada vaga, é importante definir critérios para estudar e melhorar a sua produtividade. Está interessado? Então venha conosco! Depois dessas 9 dicas, o sucesso é garantido!

1. Procure um ambiente de paz (e fique em paz!)

Não, esse não é um conteúdo motivacional e a nossa intenção não é levá-lo para esse caminho. Aqui, a ideia é encontrar um bom cantinho de estudos e estar em paz consigo mesmo. Vamos combinar: não adianta achar aquele lugar mais silencioso do mundo se a sua mente está um turbilhão de pensamentos, não é?

De toda forma, é importante sim providenciar um local reservado e agradável para os estudos. Escolha um cômodo da casa que seja arejado, iluminado, fresco, confortável e no qual poucas pessoas entrem e saiam. Em seguida, deixe o ambiente com poucas distrações.

Também é interessante organizar todo o material que você precisa em fácil acesso. Assim, não será necessário sair para buscar livros e apostilas em outros lugares e vai ser mais simples criar o hábito do estudo.

Uma dica esperta é: cuidado! O perigo mora onde menos esperamos — inclusive (e principalmente) no seu quarto. Se acha que é uma boa ideia estudar por lá, fuja o máximo que puder da cama. Não dá para colocar a mão no fogo e garantir que o sono não será mais forte, não é mesmo?

2. Faça do seu espaço um exemplo de organização

Pode confessar, você já deve ter se distraído observando um enfeite na prateleira ou passou bons minutos pensando o que fazer com a papelada que estava um caos em cima da mesa. A verdade é que qualquer coisa pode tirar o seu foco na hora de estudar, principalmente se a matéria for difícil!

Então, é importante arrumar a bagunça antes de começar seus estudos. Deixe sua mesa organizada e, de preferência, deixe ao seu redor apenas aqueles itens que vão ser importantes para os seus estudos, como os livros que vai usar para aprender a matéria e aquelas canetas que você realmente precisa. Assim, não corre o risco de ter sua atenção capturada por alguma coisa que só atrapalha.

3. Seja o mestre do seu tempo

Se você não sabe como começar a estudar para o vestibular, tenha calma e cuide primeiro da sua organização. Para conseguir a aprovação, é fundamental que você trace um plano detalhado de estudos. Além disso, é preciso segui-lo à risca, ok?

Para isso, estabeleça suas metas e determine horários fixos para estudar. Também é importante ter momentos de descanso. Use essas pausas para checar as redes sociais ou vá beber um copo de água. Esqueça aquela desculpa de "não tenho tempo para isso". Você é quem faz o próprio tempo render ou não. #ficaadica

Foque seu planejamento nas disciplinas que você tem mais dificuldade ou que têm maior peso no curso que você deseja. Sabe aqueles conteúdos do Ensino Médio que não entravam na sua cabeça? É hora de dar tchau para o conformismo e aprendê-los! Não aceite perder essa batalha!

Ah, e outra coisa. Quando falamos em mestre, não é para ser o Mestre dos Magos e fugir dos estudos, combinado?

4. Faça do cronograma de estudos o seu melhor amigo

Quase todo estudante cria um cronograma quando decide começar a se preparar para fazer o vestibular. Porém, na maioria das vezes, essa ferramenta de estudos — que, por sinal, faz toda a diferença na vida de um futuro universitário — é deixada de lado depois de poucos dias. Se você já cometeu esse erro, é hora de reverter a situação!

O que acontece é que o cronograma de estudos é o que vai permitir que você consiga equilibrar as disciplinas na sua rotina de estudos, sabe? Pare e pense: não faz sentido estudar apenas Matemática todos os dias, sendo que a prova também vai exigir outras matérias, não é? Sem contar que ele também vai ajudar na hora de saber quais assuntos já foram estudados e quais você ainda precisa aprender.

Quer uma dica? Deixe o seu cronograma em um lugar visível, de preferência no seu ambiente de estudos. Dessa forma, ele sempre estará por perto para que você se lembre da existência (e da importância) dele!

5. Faça resumos como se sua vida dependesse disso

Parece exagero, mas pense bem: com os resumos, você aprende por meio da memorização, reúne todo conhecimento que tem da matéria em um único lugar e de forma direta. Ao resumir um conteúdo, você é obrigado a buscar os pontos mais importantes e a refletir sobre eles. Não tem forma melhor de aprender!

Ao longo da leitura, faça pequenas anotações com dicas, comentários e palavras-chave sobre o assunto — isso ajuda muito na hora da revisão! Teste métodos diferentes e descubra qual é o mais eficaz para você. Existem muitas formas de melhorar a memorização. Tente fazer mapas mentais, utilizar macetes, ensinar para um amigo e explicar o conteúdo para você mesmo.

Também é importante manter a organização. Pense no resumo como o seu quarto: se estiver tudo em ordem e "limpo", fica mais fácil de se encontrar o que procura, certo?

6. Aproveite filmes e séries

Você é o típico viciado em Netflix? Então, aproveite para aprender enquanto se diverteFilmes e séries podem ajudar muito nos estudos, sabe como? Muitas dessas produções retratam assuntos importantes para conflitos e momentos históricos que são cobrados nos vestibulares.

A maioria dos títulos com essa "mágica" abordam temas relacionados aos conteúdos de história, mas é possível achar boas opções que ensinam sobre geografia, biologia, atualidades e questões de direitos humanos. Eles são ótimos complementos aos estudos, além de embasarem um senso analítico e crítico das obras.

7. Mantenha o foco

Foco, força e fé já é o mantra de algumas pessoas, certo? Aqui, vale trazer esse ensinamento para os seus estudos. Um dos maiores desafios de estudar para o vestibular sozinho é ter disciplina e dedicação suficientes para não desistir.

Para não desanimar, pense nos seus objetivos e onde você quer chegar. Se o seu problema for o celular, já existem aplicativos que bloqueiam as notificações e só liberam quando você der o comando. #Desapega do aparelho enquanto estiver estudando!

8. Não menospreze a revisão

Revisar a matéria estudada é a típica tarefa que quase todos os estudantes deixam em segundo plano. Fala sério, parece que não faz sentido voltar naquela matéria que você já estudou e aprendeu tudo, certo? Errado! Se prepare para o grande choque: se você não faz revisões, o risco de esquecer a resposta de uma questão bem na hora do vestibular é gigante.

Parece maldade, mas é pura ciência, viu? O que acontece é que o nosso cérebro, com o passar do tempo, começa a perder algumas informações que estavam armazenadas nele. Assim, é completamente normal esquecer coisas que eram importantes, afinal de contas, faz parte do processo de memorização.

O que muitos estudantes não sabem é que existe uma saída para lidar com a curva do esquecimento. E, como você já deve imaginar, a solução é justamente revisar o conteúdo, pois isso vai deixá-lo mais presente na sua memória.

9. Cultive hábitos saudáveis

"Mas de novo com essa história de rotina saudável"? Sim! Alimentar-se de forma adequada e dormir bem são atitudes essenciais para ter bom rendimento nos estudos. Uma noite mal dormida resulta em graves efeitos em nossa aprendizagem. Quando não descansamos o suficiente, nossa capacidade de raciocínio e nossa coordenação motora ficam prejudicadas.

Da mesma forma, uma boa alimentação é fundamental na qualidade do aprendizado. Você não precisa se tornar a nova musa (ou muso!) fitness, mas é interessante separar um tempo adequado para suas refeições. Monte um prato colorido e saudável, coma com calma e mastigue bem os alimentos. Assim, seu organismo demanda menos energia para a digestão e você não vai sentir aquela sensação de que comeu um boi inteiro, sabe?

10. Faça exercícios e simulados

A prática contínua de exercícios é outra forma muito eficiente de estudar para o vestibular sozinho. Sempre que finalizar uma etapa dos seus estudos, procure algumas questões sobre o conteúdo e revise em seguida os assuntos nos quais sentir dificuldade.

Outra dica importante é fazer os seus próprios simulados. Para isso, busque provas de edições anteriores do ENEM ou do vestibular que vai prestar. O mais importante: resolva-as de acordo com as condições que terá no dia do exame oficial, usando apenas o tempo adequado e somente os materiais permitidos. 1, 2, 3... valendo!

11. Use o poder da Internet a seu favor

Muito se engana quem pensa que a internet serve apenas para trocar mensagens com os amigos, atualizar as redes sociais e ver vídeos de gatinhos. É claro, ela pode ser uma grande vilã nos seus estudos se não tomar cuidado e se perder nas distrações.

Coloque em mente que a Internet pode ser uma das suas maiores aliadas. Além dos cursos a distância, com bom custo-benefício, existem diversos materiais gratuitos que você pode baixar e usar em casa, de videoaulas a apostilas e livros de excelente qualidade.

Faça buscas em sites e canais do YouTube confiáveis e aproveite para realizar testes online. Outra possibilidade legal é participar de grupos de estudo nas redes sociais (está vendo? Elas podem ter um propósito educativo!). Assim, você tira suas dúvidas e compartilha experiências com estudantes que também estão se preparando para o vestibular.

12. Use técnicas de estudos alternativas

Pode ser que você já esteja utilizando as técnicas de estudos mais comuns, como a técnica Pomodoro para gerenciar o tempo e a estratégia de fazer resumos para absorver os pontos mais importantes do conteúdo. Mas, cá entre nós, nem sempre elas são o suficiente para aprender aqueles assuntos mais complicados.

Sendo assim, vale a pena apostar em técnicas alternativas de estudos, como fazer flashcards, que são pequenas fichas onde você pode anotar fórmulas. Gravar a sua própria voz explicando o assunto que parecia impossível de entender é outra excelente prática.

Dessa maneira, além de aprender novas formas de estudar, você também pode ter uma compreensão muito melhor das disciplinas cobradas no vestibular. Sem contar que dá para estudar de um jeito muito mais dinâmico!

13. Não abandone o que o faz feliz

Manter uma rotina de estudos é muito importante? É! Mas já pensou em conciliar plenamente esse ritmo acelerado sem abandonar sua vida social? Melhor ainda, não? Por isso, não abra mão do lazer e não deixe sua família e seus amigos de lado — eles são muito importantes nessa fase.

Você pode muito bem unir o útil ao agradável. Que tal aproveitar a nossa dica número 4 e chamar a galera para assistir a “O menino do pijama listrado” enquanto você aprende um pouco mais sobre a Segunda Guerra Mundial?

E agora, preparado para estudar para o vestibular por conta própria? Se precisar de uma motivação extra, converse com professores e amigos ou procure na Internet depoimentos de quem já passou por isso. Essas pessoas podem ter ótimas dicas e mostrar caminhos ainda não conhecidos e que ajudam a solucionar suas dúvidas.

Bom, e se você gostou dessas dicas, aproveite para descobrir detalhes sobre o vestibular da UniCesumar e saber como se preparar para essa prova decisiva!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Call to action | eBook |  Saiba que curso na área de Humanas deve ser a sua escolha de graduação

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action