<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de carreira



Assim que os estudantes terminam o Ensino Médio, começa a preparação para passar no vestibular e encarar os desafios da vida universitária. Não é fácil, nós sabemos! Mas não para por aí! Na faculdade, eles vão além do aprendizado para exercer uma profissão e encontram várias oportunidades de crescimento — como os programas de intercâmbio, que possibilitam a experiência internacional.

Se você pensa que só cantores e escritores que têm carreira internacional, está muito enganado. Qualquer profissional pode, desde a graduação, ter esse gostinho do sucesso em terras estrangeiras. Esse é seu sonho? Quer torná-lo uma realidade? Então, prepare o passaporte e as malas!

Mas, antes, venha saber tudo o que precisa para fazer um intercâmbio e quais cuidados é preciso ter durante o planejamento!

Afinal, por que ter uma experiência internacional?

Viajar para fora do país é o sonho de muitos jovens — seja para estudar e enriquecer o perfil profissional, seja para aproveitar a oportunidade de conhecer terras estrangeiras.

Os impactos de uma experiência internacional são sentidos em várias áreas da vida. Ostentar um intercâmbio no currículo ajuda a abrir portas no mercado de trabalho, além de ser um baita motivo de orgulho — fala sério! Isso prova que, além de ter boa familiaridade com outro idioma, você tem diversidade cultural, mente aberta para novidades e coragem de assumir desafios.

Em relação ao desenvolvimento pessoal, os ganhos também são muitos. Quem volta de um período fora do país, chega com a bagagem carregada — e não estamos falando somente das lembrancinhas para parentes e amigos, além daquelas comidas gostosas para as quais separou um espaço especial.

Falamos do contato com culturas totalmente diferentes das nossas, os passeios por lugares inéditos e os laços de amizade formados com pessoas de outros cantos do mundo. Certamente são experiências para ficar na memória!

Quais os benefícios de um intercâmbio?

A experiência internacional pode ser encarada como um divisor de águas na vida do estudante, proporcionando maturidade, autonomia e responsabilidade. Portanto, o desenvolvimento na vida pessoal e profissional é garantido.

Veja quais são as principais vantagens de fazer um intercâmbio!

Contato com outra cultura

Nós estamos habituados ao jeitinho brasileiro de ser — povo esperto, animado, receptivo. E lá fora, como será que é? Cada país tem sua cultura, suas tradições e certos padrões de conduta. Lidar com essas diferenças, no início, pode ser um pouco difícil. Mas é uma oportunidade rica de vivenciar outras realidades.

Construção de novas amizades

Na faculdade, você já terá a chance de ampliar o seu leque de relacionamentos e conhecer pessoas diversas, de vários cantos da cidade, do estado ou até do país. Em uma experiência internacional, a possibilidade é de fazer contato com gente de outros lugares do mundo. A troca cultural é valiosa e contribui para ampliar sua visão sobre várias questões.

Oportunidades profissionais

Com um tempo de vivência em outro país, as oportunidades profissionais aumentam — aqui e lá fora. Ao voltar para o solo nacional, você terá um currículo de arrasar. Já durante o período de intercâmbio, existe a chance de criar um networking em nível internacional (chique isso, não?) e construir carreira a milhas e milhas do nosso querido Brasil. Pense na dimensão disso!

Aperfeiçoamento de uma língua estrangeira

É claro que temos que abordar esse ponto. Afinal, trata-se de um dos maiores benefícios de estudar no exterior. Por mais que existam excelentes cursos e ferramentas para aprender línguas estrangeiras, a forma mais eficaz de ganhar fluência é na convivência integral com pessoas que falam o idioma. A situação se resume assim: ou você se comunica ou passa algum tipo de necessidade.

Crescimento pessoal

Já mencionamos esse ponto, mas vale a pena ressaltar. O crescimento pessoal é uma conquista certa com a experiência internacional. Nesse meio tempo, o estudante desenvolve capacidade de se adaptar a diferentes ambientes, iniciativa para se comunicar, independência e controle das emoções — isso porque ficar longe de casa também pode render uns momentos de solidão, insegurança, saudades etc. 

Que cuidados ter ao planejar um intercâmbio?

Agora, preste atenção nos cuidados que você precisa ter durante o seu planejamento para a tão esperada viagem!

Busque por programas universitários

O primeiro passo para sua experiência internacional é se informar sobre os programas que a universidade tem para os estudantes que querem estudar no exterior. Você pode fazer essa pesquisa antes mesmo de prestar o vestibular e utilizar esse critério na hora de escolher a instituição de Ensino Superior.

Prepare as finanças

Mesmo que você faça uma viagem curta, para estudar nas férias, por exemplo, é preciso se programar financeiramente. A estadia em outro país demanda custos com moradia, alimentação, transporte e outros. O ideal é se preparar com boa antecedência para não ficar no vermelho e ainda conseguir trazer uns mimos na volta.

Pesquise sobre o destino da viagem

Estados Unidos, Canadá, Inglaterra, Austrália... independentemente de qual será o seu país de destino, faça uma pesquisa aprofundada sobre a cidade em que vai ficar. Descubra quais são os costumes e tradições locais, os lugares para visitar e os serviços que existem na proximidade da sua futura residência, como hospitais, escolas, estação de metrô etc.

Planeje a mudança

Corra atrás da parte burocrática o quanto antes, pois existem procedimentos que podem tomar bastante tempo. Passaporte, tipo de visto necessário, documentação pessoal, contratos, vacinação (conforme o local) e seguro viagem são alguns dos pontos que precisam de atenção.

Mantenha a mente aberta para desafios

Por fim, prepare o seu psicológico para conhecer um mundo novo e lidar com os desafios que aparecerem no percurso. Talvez você se sinta deslocado, fora da casinha e com vontade de dar meia volta. Se isso acontecer, desenvolva estratégias para superar a insegurança e aproveite a chance de crescer.

Mas nem se preocupe muito com isso, porque é bem mais provável que vai rolar a maior empolgação e sua adaptação será tranquila.

Por que fazer um intercâmbio na graduação?

A graduação é um ótimo momento para apostar em um programa de intercâmbio, principalmente se você ainda não tiver vínculos empregatícios que impeçam essa experiência. Isso porque, depois de formado e com uma carreira em fase de estabilização, pode ser mais difícil se dedicar a uma viagem como essa.

Outro forte motivo para aproveitar essa oportunidade ainda durante os anos de faculdade é o apoio dos programas universitários, que facilitam a preparação para o intercâmbio. Além disso, tem também a questão das finanças, se considerarmos que conforme a vida adulta avança, o comprometimento financeiro pode ser maior — gastos com casa, família etc.

Que a experiência internacional é enriquecedora e faz toda a diferença na vida pessoal e profissional, já concordamos, certo? Mas não se esqueça de aproveitar também outras possibilidades de crescimento oferecidas pela universidade, como projetos de iniciação científica, programas de voluntariado, entre tantas outras atividades extracurriculares.

Agora, aproveite suas pesquisas sobre intercâmbio e curso superior e descubra quais são os motivos para estudar na UniCesumar que vão alavancar suas chances de sucesso profissional!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Um cabeçalho claro e arrojado

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action