<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo_unicesumar_horizontal_original
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Gestão de Recursos Humanos



O vestibular está mais perto do que nunca, mas você ainda está indeciso se o curso de Gestão de Recursos Humanos é uma boa formação para entrar no mercado e ter uma profissão estável? Saiba que hoje é o seu dia de sorte!

Neste post, nós vamos mostrar como é essa graduação, conversar sobre a importância da área, como o profissional do ramo pode se encaixar em vários setores e, para completar, revelar o perfil de quem escolhe essa carreira. Acompanhe!

O que é Gestão de Recursos Humanos?

A Gestão de Recursos Humanos é um campo de conhecimento focado na estrutura interna de uma organização. Quem estuda e trabalha nesse ramo está apto a interagir dentro das empresas — de maneira legal, ética, administrativa e/ou social — com pessoas que, assim como você, também fazem parte do quadro de colaboradores. Todas as ações desenvolvidas nesse ramo buscam garantir:

  • maior harmonia no ambiente de trabalho;
  • construção de equipes mais coesas e produtivas;
  • menor rotatividade de funcionários;
  • melhor planejamento das tarefas exercidas em cada departamento;
  • local de atuação em que os trabalhadores se sintam valorizados e com suporte para crescer na carreira etc.

Como funciona esse curso?

O curso de Gestão de Recursos Humanos traz uma grade curricular bem equilibrada. Há conteúdos teóricos sobre a administração de negócios e outros práticos, a respeito da cultura organizacional das companhias.

Muitas dessas disciplinas estimulam o conhecimento sobre o desenvolvimento pessoal e profissional das pessoas, a construção dos princípios e valores que regem o ambiente de trabalho e o papel dos capitais empresariais — mais especificamente o do capital humano. Algumas das matérias você pode conferir abaixo:

  • Teorias da Administração;
  • Psicologia Organizacional;
  • Análise Ergonômica do Trabalho;
  • Planejamento de Recursos Humanos;
  • Gestão de Desempenho;
  • Organização, Sistemas e Métodos;
  • Capacitação e Desenvolvimento de Pessoas.

Para quem é indicado?

O curso é indicado para quem tem um perfil comunicativo, autodidata, empático, proativo e, principalmente, colaborativo. Basta recordar que o profissional de RH, além de atuar individualmente com cada funcionário, também realiza atividades conjuntas com os demais departamentos da empresa.

Tudo isso, sempre com o objetivo de proporcionar equilíbrio entre as diferentes áreas e garantir que elas se enxerguem como unidades pertencentes a um todo (a organização). Isto é, que não rivalizam ente si disputando espaço, poder, verba ou prestígio. Ao contrário, que todas trabalhem para alcançar os mesmo resultados.

Qual o tempo de duração do curso?

Essa formação se trata de uma graduação tecnológica. Ou seja, é centrada em ocupações profissionais recentes, que surgiram no mercado para atender não só às necessidades dos consumidores, mas principalmente, às demandas das próprias empresas.

Basta ter em mente que essas organizações estão constantemente se adaptando a novos recursos tecnológicos, legislações, transformações culturais, medidas socioambientais, mudanças de infraestrutura e por aí vai.

É por conta disso que o curso tem uma duração menor do que um bacharelado, que pode durar de quatro até seis anos, em média. Afinal, preparam os estudantes para exercer múltiplas carreiras e atuar em diferentes segmentos.

Onde atuar após a graduação?

Depois da sua formação, um mundo de possibilidades se abre para você. O motivo é simples: o profissional de Gestão de Recursos Humanos pode atuar em todos os setores do mercado — uma característica que é exclusiva dessa área.

Podemos citar como exemplos os meios corporativo, bancário, farmacêutico, hospitalar, comercial, industrial, de produção audiovisual, de turismo e de varejo. Isso porque o foco principal de um RH não são os tipos de serviços, produtos e/ou negócios que a empresa tem.

Trata-se do acompanhamento, do desenvolvimento e do melhor aproveitamento dos funcionários nas atividades que eles exercem no dia a dia. Dessa forma, a organização pode se manter ativa, competitiva e capaz de prosperar.

Portanto, como ainda não há nenhum segmento do mercado que não tenha pessoas envolvidas nele, o trabalho do gestor de Recursos Humanos é, sim, necessário dentro de todas as companhias, por mais diversas que elas sejam entre si.

Como se essa perspectiva já não fosse boa o suficiente, saiba que você ainda tem mais alternativas para o seu futuro. Algumas delas são ingressar em centros de estudo e pesquisa sobre ambientes e culturas organizacionais, ética empresarial, planos de carreira, tecnologia nas rotinas de trabalho, produtividade e saúde mental, e por aí vai.

São essas instituições que traçam estratégias de atuação para os profissionais do RH, que ditam as tendências do ramo e fazem levantamentos sobre as mudanças mercadológicas e a influência delas sobre as relações entre empregador e empregados.

Outra opção é seguir carreira acadêmica, ou seja, dar aulas teóricas e práticas para estudantes de faculdades públicas e privadas. Inclusive, dependendo do trabalho desenvolvido, você pode assumir a docência em múltiplas matérias e, com o tempo, tornar-se coordenador do curso de Gestão de Recursos Humanos. Que tal a ideia?

Por que Gestão de Recursos Humanos?

Os benefícios da graduação em Gestão de Recursos Humanos são bem claros. Com a adequada bagagem de conhecimento, você fica apto a atuar em empresas de diferentes portes (inclusive, aquelas de nível multinacional), a prestar concurso público — e trabalhar em instituições do Estado — e a montar um serviço particular de consultoria.

Portanto, essa é uma escolha de graduação que não se reflete apenas nas atividades profissionais que você vai assumir depois de concluir a faculdade. Ela vai além, e abre portas para experiências internacionais, para o empreendedorismo e para uma carreira crescente, que pode levá-lo a não só supervisionar o departamento de RH, mas toda a organização.

Depois de tudo o que foi falado aqui sobre a Gestão de Recursos Humanos, vai ser mais fácil se decidir quanto ao seu futuro acadêmico e profissional, não é mesmo? Após isso, não deixe de correr atrás de uma instituição de ensino que, além da estrutura física, garanta o seu aprofundamento em todos aspectos organizacionais que envolvem os colaboradores e as atividades deles. Afinal, uma boa preparação profissional faz a diferença.

Por isso, conheça a UniCesumar e invista na melhor formação tecnológica em Gestão de Recursos Humanos!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS
    New call-to-action
    New call-to-action
    planejamento financeiro

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    New call-to-action

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action