<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de Carreira



O que você acredita que o mercado mais valoriza nos candidatos? Formação de qualidade? Conhecimento prático? Claro que esses pontos são determinantes para conseguir uma colocação. Mas há ainda outra questão que tem ganhado cada vez mais importância quando se fala em futuro do trabalho: as habilidades profissionais.

O perfil de quem busca uma carreira de sucesso é moldado por habilidades intelectuais, práticas, sociais e emocionais. Neste post, daremos destaque às competências comportamentais, como comunicação e resiliência, que podem ser desenvolvidas ainda na faculdade.

Acompanhe com a gente e descubra quais características você deve aprimorar para se tornar um profissional de sucesso!

O papel da graduação no desenvolvimento de habilidades profissionais

Conhecimento técnico aprofundado e contato com a prática da profissão são requisitos indispensáveis no mercado de trabalho. Mas o profissional do futuro tem algo a mais a oferecer: habilidades específicas que começam a ser lapidadas desde os dias de faculdade.

Não basta, por exemplo, ser um expert em tecnologia e não conseguir trabalhar em equipe. Assim como ser um excelente executor de tarefas, mas ter bloqueios de comunicação, o que pode impedir a evolução do profissional. Portanto, é importante dominar as teorias e técnicas da profissão, mas é preciso somá-las com as habilidades e competências comportamentais.

Pensando na importância de determinadas características, a faculdade exerce um importante papel nesse sentido e incentiva os estudantes a aprimorarem suas habilidades profissionais. Isso acontece por meio do contato com os colegas e das atividades acadêmicas realizadas — tanto as obrigatórias quanto as extracurriculares.

Afinal, a faculdade representa um verdadeiro laboratório de experiências acadêmicas e sociais. Por isso, a infinidade de projetos ofertados — estágios, monitoria, voluntariado, intercâmbio — deve ser ricamente explorada pelos estudantes.

As principais habilidades profissionais para o futuro

Agora você vai conhecer as principais habilidades profissionais que a graduação ajuda a desenvolver. Preste atenção na importância de cada uma delas e comece a exercitá-las!

Autonomia

Mesmo com o suporte dos professores e o direcionamento das atividades em sala, o estudante desenvolve autonomia para conduzir seus próprios estudos. Essa característica é essencial tanto para aumentar o aproveitamento acadêmico quanto para enriquecer o perfil profissional.

Além de o mercado de trabalho valorizar essa habilidade, a pessoa que tem autonomia ainda se mantém preparada para os possíveis desafios da carreira — uma característica bastante válida diante da possibilidade de empreender em um negócio próprio, por exemplo.

Resiliência

A resiliência é um dos pilares das pessoas mais fortes e persistentes, pois indica a capacidade de passar por situações críticas, superar os problemas e retornar ao estado de equilíbrio. Isso vale para qualquer condição de adversidade. Quando se trata de conviver em grupos, essa habilidade é ainda mais valiosa.

Assim, logo na faculdade, você verá a importância de ser resiliente na convivência com os colegas — o que envolve distribuição de tarefas para os trabalhos em grupo, divergência de opiniões, conflitos etc.

Da mesma forma, no dia a dia da profissão, a resiliência será um dos seus pontos fortes para se adaptar a diferentes situações e resistir à pressão quando algum contratempo surgir.

Espírito de equipe

Direta ou indiretamente, quase todas as profissões envolvem o trabalho em equipe. Sendo assim, ter um bom relacionamento interpessoal e saber respeitar as diferenças de opinião é fundamental para a coesão do grupo.

Outra questão que conta a favor dos resultados da equipe, na faculdade e no trabalho, é o espírito de união, isto é, a ideia de que todos estão motivados por um objetivo em comum.

Assim como a aptidão para trabalhar em equipe, o estudante também pode desenvolver outra importante habilidade profissional durante a faculdade: a liderança. Afinal, todo grupo acaba estabelecendo determinados papéis, e um líder sempre desponta na dinâmica grupal — lembrando ele é quem inspira e motiva os demais, não o que apenas dita as regras.

Comunicação

A falta de comunicação clara pode causar desentendimentos, prejudicar as relações e sabotar o crescimento profissional. Por outro lado, uma pessoa que se comunica de forma eficiente tem o poder de ultrapassar muitas barreiras. Já ouviu o velho ditado “quem tem boca vai a Roma”? Então, isso significa que quem sabe se expressar pode chegar aonde quiser.

Entretanto, ter habilidade para se comunicar não significa apenas verbalizar o que pensa, mas principalmente saber o modo certo de colocar as palavras e passar a mensagem pretendida. Isso se chama assertividade: é a arte de defender seu posicionamento sem causar ofensas aos outros.

Juntamente à comunicação, a habilidade de se expressar com segurança é um elemento de sucesso na vida profissional. Durante a graduação, o estudante passa por várias ocasiões em que a capacidade de expressão é exercitada, como as apresentações de trabalho que aterrorizam os calouros. A boa notícia é que a vergonha de falar em público é um desafio que pode ser vencido. 

Pensamento crítico

Mais um importante traço do perfil profissional, desenvolvido na faculdade, é o pensamento crítico. Isso representa a habilidade para pensar fora da caixa, analisar uma situação por diferentes ângulos e considerar outras explicações além do óbvio.

Pessoas com olhar crítico e flexibilidade mental não se conformam com imposições mal fundamentadas e não acreditam em verdades extremas e absolutas. Essa amplitude de visão aumenta as possibilidades de ação e, consequentemente, de sucesso.

Resolução de problemas

Em conjunto com a resiliência está a capacidade de encontrar solução para problemas complexos. Afinal, não basta resistir à pressão e aguentar a barra até a situação melhorar. É preciso ainda avaliar as alternativas e encontrar possíveis formas de contornar os contratempos.

Um exemplo simples de resolução de problemas é o gerenciamento de tempo. Isso porque um dos principais desafios da vida universitária é o excesso de compromissos — trabalhar e estudar, ter tempo para a família e o lazer etc. Saber se organizar para ter mais produtividade é uma das habilidades profissionais mais valorizadas pelo mercado.

Para desenvolver todas essas características, o ideal é contar com o suporte de uma instituição de qualidade, que se preocupa com o desenvolvimento dos estudantes e oferece possibilidades para isso. Portanto, aproveite todas as oportunidades de crescimento que a faculdade pode oferecer e prepare-se para colocar suas habilidades profissionais em prática.

Gostou de ficar mais informado sobre esse tema? E que tal receber mais conteúdos como este? É só você assinar nossa newsletter e aguardar o recebimento dos nossos e-mails informativos. 

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Call to action | eBook |  Saiba que curso na área de Humanas deve ser a sua escolha de graduação

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action