<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo_unicesumar_horizontal_original
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Gestão Comercial



O cenário do mercado atual é de uma rotina acirrada e concorrida, portanto, é essencial que os negócios se reinventem e busquem estratégias que os auxiliem a se consolidar em seus ramos de atuação. Em pequenas ou grandes empresas, a inteligência comercial é um importante pilar para que isso seja possível, evitando os riscos nas operações.

Ela também é relevante na prevenção de danos, descoberta de oportunidades, melhora da tomada de decisão na gestão comercial, análise de concorrentes, recursos de vendas e prospecção de novos clientes. É um grande diferencial competitivo, já que busca entender os melhores caminhos para abordar e encontrar perspectivas, além de manter as operações no eixo e prever mudanças no cenário econômico.

E aí, ficou com curiosidade e quer saber como a inteligência comercial pode ser aplicada na prática? Leia e descubra!

O que significa inteligência comercial

A inteligência comercial é caracterizada por um conjunto de atividades que tem a função de gerar os melhores resultados por meio da análise e coleta de dados sobre o mercado em que as empresas atuam. Essas informações, de origem externa ou interna, podem ser analisadas tanto de maneira quantitativa quanto qualitativa.

O objetivo é interpretar e organizar esses dados para embasar a tomada de decisões estratégicas, o que reduz os riscos aos quais a corporação está exposta. Por isso, pode-se falar do poder de transformação das informações coletadas em conhecimento.

Em um mercado conectado, a empresa deve lidar com um grande volume de dados, tornando imprescindível contar com metodologias e ferramentas. Elas ajudam na identificação de gargalos de crescimento e na antecipação de tendências e oportunidades de mercado.

Logo, a inteligência comercial evita que as companhias operem por meio de adivinhações e achismos, permitindo a boa análise do mercado. Em resumo, essas ações devem analisar e coletar informações relacionadas à capacidade e vulnerabilidade de empresas concorrentes.

Como a inteligência comercial é aplicada

A inteligência comercial analisa e reúne várias informações sobre consumo, empresas e público-alvo para revelar o tamanho do mercado e a oportunidade de inserção de produtos e serviços. Além disso, é possível identificar uma nova oportunidade de negócio, direcionando recursos às áreas com uma chance maior de retorno.

Assim, ela atua como uma previsão do futuro comercial da empresa, o que garante, por meio de dados, a manutenção das corporações e o refinamento de seus processos de venda. A inteligência comercial pode ser aplicada em:

  • negociação com fornecedores;
  • precificação de produtos;
  • consultoria de vendas;
  • controle de estoque;
  • criação de campanhas;
  • análise de novos modelos de negócio.

Hoje, o ramo comercial deve ser muito preciso. Isso porque essa área necessita de dados para reduzir possíveis erros e gastos. É justamente nisso que a inteligência comercial ajuda, compreendendo o perfil dos clientes de cada estabelecimento para organizar ações promocionais e melhorar o mix de produtos e soluções.

Além disso, algumas informações sobre o ambiente podem ser obtidas, identificando as melhores maneiras de prospecção dos consumidores finais. Também facilita o planejamento das vendas, mostrando qual é a melhor localidade para se investir — bacana, não é?

Os dados obtidos pela inteligência comercial podem fornecer uma boa base para as questões que se relacionam com as vendas e diversos assuntos, como posição geográfica de concorrência, hábitos de consumo, cenário econômico etc.

A relevância de ter uma inteligência comercial

Chegou a hora de mostrar a relevância da inteligência comercial para a gestão comercial. Essa forma de trabalho pode fornecer à empresa a melhor chance de se destacar e superar a concorrência. Esses benefícios são percebidos além da equipe comercial e impactam toda a corporação. Veja os principais!

Coleta de dados valiosos

Ter informações estratégicas e precisas é fundamental para manter a gestão comercial, certo? Isso porque a empresa atrai novos compradores, melhora o relacionamento com clientes, prevê crises, previne ameaças e por aí vai. Tudo isso auxilia a manter a corporação nos trilhos, garantindo que ela se prepare para lidar com várias situações que possam aparecer.

Alta competitividade

Com o uso da inteligência comercial, a competitividade da empresa aumenta, pois a visualização de possibilidades é maior. Logo, o modelo de metas, negócios e planejamento terá um direcionamento melhor. As informações de mercado serão coletadas e, por consequência, mostrarão todas as oportunidades.

Essa ação proporciona uma visão geral do mercado em que as possibilidades são identificadas, ou seja, a noção dessa tendência permite que o negócio evolua. Assim, adotar a inteligência comercial garante que a corporação crie um planejamento melhor e saia à frente dos concorrentes.

Melhora dos resultados

A inteligência comercial tem como foco a geração de conhecimento estratégico. Para isso, ela faz a análise de informações e dados que são relevantes à instituição. Ao avaliar o seu desempenho e o dos concorrentes, é possível saber o que os clientes buscam, onde se vende mais, gerar novos leads, entre outros.

Acompanhamento das tendências

A inteligência comercial também guia a empresa em meio à grande quantidade de novidades do mercado, deixando claras as mudanças que ela faz para aprimorar sua atuação. Ao analisar as informações tanto do mercado externo quanto do ambiente interno, você pode extrair insights preditivos sobre as principais tecnologias e tendências que atingem o setor.

Relacionamento com o cliente

As empresas passam a realizar mais pesquisas sobre o comportamento dos clientes, coleta diversas informações sobre elogios, queixas, dores, comportamentos, hábitos de consumo etc. Ao conhecer quais são seus horários e canais de compra favoritos, a forma de pagamento, os produtos que mais buscam, entre outros dados, a marca entende melhor o seu público.

Criar estratégias específicas para o nicho em que as empresas atuam auxilia na atração de clientes que fazem parte da base, o que gera fidelização.

Viu só como a inteligência comercial ajuda a monitorar dados de um negócio, colaborando na melhor tomada de decisão? Se você quer saber mais sobre o assunto e ser um destaque no mercado, faça a graduação em Gestão Comercial aqui na UniCesumar.

Gostou do conteúdo e quer conhecer os cursos de graduação da UniCesumar? Entre em contato e tire todas as suas dúvidas com a gente!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS
    New call-to-action
    New call-to-action
    planejamento financeiro

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    New call-to-action

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action