<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de estudos



Você ainda tem dúvidas a respeito da profissão que pretende seguir? Se a definição da vida profissional tem sido motivo de ansiedade, pare agora e relaxe! Há diversos recursos que podem facilitar esse momento de decisão — e o mapeamento de carreira é um deles.

Assim como você, boa parte dos jovens que estão prestes a iniciar sua trajetória profissional ainda se perde em meio a tantas possibilidades. Por isso, o planejamento detalhado é uma das formas mais eficazes de definir seus objetivos e alcançá-los, é claro. Quer saber como? Não perca a leitura deste post!

Aprenda a fazer um mapeamento de carreira

Vamos direto ao ponto? Agora, você vai ter uma noção mais clara de como estruturar um mapeamento de carreira. Aprenda 8 passos fundamentais para trilhar o seu desenvolvimento profissional!

Definição de objetivos

O primeiro passo é saber aonde você pretende chegar. Ao definir metas e objetivos, fica mais fácil visualizar sua vida no futuro, assim como ter motivação e se movimentar nessa direção. É exatamente essa a função de um plano de desenvolvimento: o direcionamento.

Durante seu planejamento, o ideal é pensar em metas de curto, médio e longo prazo e estipular um período máximo para alcançá-las. Para isso, pense nos cargos que você pretende ocupar e nas qualificações que serão necessárias ao longo dessa jornada — graduação, especialização, inglês etc.

Análise das próprias competências

O autoconhecimento é uma das palavras-chave quando o assunto é desenvolvimento, tanto pessoal quanto profissional. Para conhecer o seu próprio perfil e saber qual profissão é mais compatível com suas aptidões e aspirações é necessário mapear suas competências.

Além das habilidades técnicas que definem sua capacidade de desempenhar determinadas funções, é fundamental dar atenção às competências comportamentais, como: liderança, proatividade, comunicação, inovação, entre muitas outras. Cada profissão exige um conjunto de características específicas que podem facilitar o sucesso do profissional.

Identificação das limitações

Além de conhecer suas competências mais relevantes, também é preciso identificar os pontos fracos e encontrar formas para melhorá-los. Você não está sozinho nesse barco: todos temos potencialidades e limitações. A boa notícia é que qualquer habilidade pode ser desenvolvida com treino.

Por exemplo, se o seu ponto fraco é o medo de falar em público e você acha que isso pode dificultar o alcance dos seus objetivos profissionais, basta participar de treinamentos específicos que ensinam técnicas de expressão e comunicação.

Desenvolvimento da flexibilidade

Acabamos de falar sobre a importância de desenvolver certas habilidades para evoluir profissionalmente — e flexibilidade é uma delas. Durante sua trajetória, você vai se deparar com pessoas diferentes, cada qual com seus posicionamentos e padrões de pensamento.

É muita ingenuidade pensar que os outros vão agir de acordo com as suas expectativas. Então, para garantir relações interpessoais produtivas, é preciso adotar uma postura flexível e compreender que cada um é guiado por seus próprios ângulos de visão.

A flexibilidade também é útil para o redirecionamento de metas, já que, no meio do caminho, você pode descobrir que é necessário mudar a rota para chegar ao seu objetivo final. Imprevistos acontecem e o melhor que podemos fazer é correr atrás para contorná-los em vez de apenas lamentar.

Escala de prioridades nas decisões

Aqui, a dica é ter cautela nas suas tomadas de decisão e colocá-las em uma escala de prioridades. Para isso, você deve se guiar pelo planejamento inicial e se lembrar da ordem das suas metas, mas alterá-la se for preciso.

Tenha o hábito de fazer autoanálise e identificar os pontos que já foram alcançados e quais ainda faltam. Exemplo: você acabou de ser contratado para uma vaga que exige como diferencial,o curso de Excel avançado, mas o próximo passo do seu planejamento seria estudar inglês. E agora, qual é a prioridade?

Nesse caso, voltamos a falar sobre o fator flexibilidade para reorganizar a rota, considerando que o curso de Excel seria o ideal para você se manter no emprego, enquanto o inglês poderia vir logo em seguida na sua lista de realizações. Combinado?

Atualização profissional

No seu mapeamento de carreira não podem faltar projetos de atualização profissional. Você já sabe que o mercado de trabalho muda constantemente e exige candidatos qualificados e dinâmicos. Então, prepare-se para estudar muito e ficar em dia com as inovações da profissão que você escolher.

Além do curso superior, que é o primeiro degrau da sua escalada profissional, já comece a pensar em opções de pós-graduação. O aprendizado extracurricular também é muito bem-visto pelo mercado.

Avaliação do mercado atual

Outro ponto importante a considerar é sobre como está o mercado de trabalho para a carreira que você pretende seguir: existe boa demanda no momento? Se enquadra entre as profissões que continuarão em alta no futuro? Quais as tendências e desafios do setor? Você também deve pesquisar sobre as oportunidades que pode encontrar na sua área e buscar qualificações específicas.

Além das pesquisas em portais de notícias e sites especializados da profissão, você pode coletar informações sobre o mercado em conversas com profissionais mais experientes da área. Participar de cursos e eventos também é uma forma de se manter atualizado.

Paciência e persistência

Por fim, é importante que você inicie a sua caminhada ciente de que os retornos podem demorar a chegar. O sucesso não é alcançado de um dia para o outro. É preciso ter muita paciência, superar os "não" que você vai escutar pelo caminho e lidar com as frustrações de forma construtiva.

Mais do que paciência, é necessário persistir no seu sonho de realização profissional. Se acreditar no seu próprio potencial e confiar nos resultados da sua busca, você vai permanecer motivado. Não se esqueça de manter os pés no chão, porque conquistar um status elevado logo no início da jornada não condiz com a realidade.

Não tenha tanta pressa! Veja o tempo como um aliado, pois ele trará vivências necessárias para que você desenvolva competências importantes. Percorrer essa estrada é essencial para moldar o seu perfil e se transformar em um profissional de excelência.

Entenda a importância do mapeamento

Talvez você se questione: mas por que eu devo me preocupar com um mapeamento de carreira? O sucesso não seria questão de sorte ou até de contatos influentes? Não exatamente. As boas oportunidades fazem parte dessa trajetória, mas você só terá acesso a elas se estiver preparado.

Portanto, planejar o passo a passo da sua vida profissional é uma forma de facilitar suas conquistas e protagonizar a construção da própria carreira. Isso significa assumir responsabilidade, se movimentar em direção ao seu objetivo e criar condições para que o sucesso venha, em vez de esperar que as oportunidades batam à sua porta.

Em resumo, é isso: fazer um mapeamento de carreira é a estratégia certa para quem pretende dar uma guinada na vida profissional ou simplesmente se sentir mais realizado e trabalhar com aquilo que gosta.

O que você achou das nossas dicas? Preparado para fazer o seu mapeamento de carreira? Mas não vá embora ainda: assine nossa newsletter e receba mais conteúdos sobre cursos e profissões!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action