<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de Carreira



Investir no conforto e no bem-estar dos animais de estimação vem sendo uma prática cada vez mais comum na sociedade em que vivemos. Cães, gatos, roedores, animais exóticos e até mesmo cavalos têm seu médico veterinário de plantão para atendê-los em qualquer situação — seja ela emergencial ou não.

Esse é apenas um dos motivos que faz a Medicina Veterinária uma carreira promissora. Se depender do mercado de trabalho, são grandes as chances do profissional ter uma carreira brilhante ao seguir essa graduação. Se você tem dúvidas em relação ao futuro, que tal conferir este post sobre essa profissão de médico veterinário?

Nele, vamos contar o que faz o profissional da área, os setores em que ele pode atuar, como é o curso e qual o perfil ideal de estudante para o curso de Medicina Veterinária. Continue a leitura!

O que faz um médico veterinário?

Como você deve imaginar, esse profissional é responsável por dar assistência clínica e cirúrgica aos animais. E não estamos falando somente do seu gato ou cachorro! Ele também atende animais silvestres, exóticos, roedores e bichos de grande porte, como cavalos.

Na hora de cuidar da saúde dos bichanos, os rebanhos também entram na dança. O veterinário é quem acompanha a saúde, alimentação e reprodução dos animais envolvidos, além de inspecionar a produção de alimentos de origem animal. O papel é verificar se as normas de higiene estão sendo cumpridas e, assim, evitar a transmissão de doenças aos humanos.

O médico veterinário também controla as tecnologias de produção na indústria alimentícia e em qualquer outro comércio que utilize matéria-prima de origem animal, realizando o controle adequado.

Em quais setores ele pode atuar?

Para que você consiga organizar as ideias e realmente cogitar o curso de medicina veterinária, é melhor se informar sobre os setores de atuação do médico veterinário, não é mesmo? Veja mais informações sobre alguns deles a seguir!

Agronegócio

O aumento da população mundial fez com que as empresas se preocupassem ainda mais com a produção de alimentos. A atuação do médico veterinário no cenário do agronegócio é fundamental para que haja respeito no bem-estar dos animais. Esses cuidados garantem uma alimentação de qualidade, tanto para eles como para os humanos.

Clínica

Essa provavelmente você já conhece e pode ter contato logo na graduação. As principais funções envolvem atender pequenos animais, aplicando vacinas, vermífugos, coletando sangue e toda a rotina que compreende um atendimento clínico veterinário.

Centros de pesquisa e tecnologia em produção animal

Todo médico veterinário pode ser um pouco cientista, sabia? Nessas áreas, o profissional pode atuar na como pesquisador no desenvolvimento de tecnologias para o setor animal, técnicas e metodologias de aperfeiçoamento genético, reprodução e alimentação.

Indústria de produtos para animais

O profissional também pode atuar na indústria de produtos voltada aos animais, com a comercialização de rações e outros alimentos, vitaminas, vacinas e remédios. Também pode atuar no marketing, atendimento e prestar assistência ao cliente.

Saúde pública

Atua na prevenção e no controle de zoonoses, trabalhando em parceira com a vigilância sanitária e ambiental.

Quais são as especializações que ele pode ter?

Para poder atuar nas áreas mencionadas acima, o médico veterinário deve optar por uma especialização. Separamos quatro opções para você visualizar de maneira bem nítida o que acontece em cada uma delas!

Medicina Veterinária

Para uma atuação de excelência em clínicas de animais de estimação, é bom que o veterinário conte com uma especialização na área clínica. Ao concluir o curso, o profissional já está habilitado para exercer a profissão como clínico e cirurgião veterinário, fazendo procedimentos como castração, retirada de tártaro e de tumores.

Contudo, assim como acontece com os humanos, há várias especialidades dentro da clínica. Odonto, oncologia e dermatologia são algumas delas. Você pode, então, ter uma clínica especializada em um desses segmentos e ainda oferecer serviços de UTI, fisioterapia, ultrassom, entre outros.

Veterinária Industrial

Quem se interessa pela indústria deve procurar um curso de especialização em veterinária industrial. Assim, poderá acompanhar tanto a fabricação de produtos de origem animal como produtos para os animais, como a ração.

Medicina Veterinária Ambiental

O veterinário ambiental cuida da saúde dos animais, identificando doenças e contribuindo para a preservação das espécies em seu habitat natural. Esse especialista também está habilitado para cuidar da reabilitação de animais criados em cativeiro ao serem devolvidos à natureza.

Controle e Tecnologia para Populações Animais

Nessa especialização, o profissional aprende a desenvolver técnicas para criação e nutrição de rebanhos, reprodução e melhoria genética.

Qual é o perfil do estudante de veterinária?

Não vá pensando que para estudar veterinária basta amar bichinhos e ter o sonho de trabalhar com animais. Também não adianta muito gostar só dos cachorrinhos dóceis, ter pavor de gato ou preferir os bichos aos humanos. Cães, gatos, cavalos, roedores e pássaros não vão sozinhos para a clínica. Não falam o que sentem. Não pagam a conta.

Por isso, é preciso saber se relacionar com seus tutores, conversar e agir com firmeza. Além disso, muitas vezes o profissional vai lidar com situações bastante delicadas — precisa dar notícias ruins em alguns momentos e ter jogo na cintura na hora de anunciar um diagnóstico.

Devido a todos esses motivos, olhe só algumas características do futuro médico veterinário que devem fazer parte do seu perfil ou serem desenvolvidas ao longo da graduação!

Controle emocional

Gostar de bichinhos é uma coisa, tratá-los é outra completamente diferente. Afinal, no consultório do médico veterinário, nem sempre o animal estará saudável. Muito pelo contrário! Ao lidar com bichos doentes e, muitas vezes, tratá-los emergencialmente e até mesmo sacrificá-los exige bastante controle emocional.

É claro que a experiência é a maior aliada nesse sentido. No entanto, vale a pena desde já refletir sobre a sua capacidade de equilíbrio emocional frente a situações difíceis da profissão.

Comunicação empática

Do mesmo modo que tratar os animais nem sempre será um mar de rosas, lidar com os tutores também pode ser complicado. E é importante lembrar que, especialmente se for ter a própria clínica, você precisará de um bom atendimento para garantir que o negócio vá para frente.

Portanto, ter a habilidade de se comunicar empaticamente, seja na hora de passar informações médicas, seja no momento de cobrar um pagamento, é essencial para ter sucesso profissional.

Dedicação

A graduação em Medicina Veterinária pode ser bem puxada. Ter uma rotina de estudos consistente, proatividade na trajetória acadêmica e muita organização para dar conta do curso são características bem-vindas. Na atuação profissional, não é diferente: lembre-se de que são a saúde e o bem-estar dos bichinhos que estão em jogo!

Capacidade de tomada de decisões

No dia a dia de trabalho, o médico veterinário precisa tomar uma série de decisões para exercer sua função de forma eficiente. Por isso, o perfil ideal desse profissional tem a ver com a capacidade de analisar situações racionalmente e fazer escolhas acertadas.

Domínio das ciências biológicas

A base da Medicina Veterinária está nas ciências biológicas. Então, nem precisamos falar que o domínio de matérias como Genética, Anatomia e Nutrição é essencial na profissão. E os estudos não se restringem ao período da faculdade não, viu?

A tecnologia e os estudos da Biomedicina estão sempre evoluindo. Portanto, você também precisa ter interesse em aprender continuamente e reciclar os conhecimentos na área durante toda a carreira.

Como é o curso de Medicina Veterinária?

O bacharelado dura cerca de cinco anos, combinando disciplinas teóricas com aulas práticas. Pela extensão de conteúdos, seu período de aula é integral. Durante o curso, o estudante vai ter várias matérias teóricas e técnicas da área, como:

  • anatomia e morfologia dos animais;
  • genética;
  • parasitologia;
  • clínica cirúrgica;
  • biologia;
  • zootecnia;
  • bioestatística;
  • diagnóstico por imagem;
  • nutrição animal etc.

Além disso, como a profissão muitas vezes envolve relações interpessoais e a administração de clínicas ou consultórios, o estudante também tem matérias como:

  • empreendedorismo;
  • formação sociocultural e ética;
  • economia e administração.

Ainda, para se formar no curso, a realização do estágio supervisionado é obrigatória no último período. Essa etapa é fundamental para que o estudante aprenda como colocar seus conhecimentos em prática e se habitue ao dia a dia profissional.

Como escolher a faculdade ideal?

Por ser um âmbito tão importante, escolher a faculdade ideal para você faz toda a diferença. Por isso, busque informações sobre a avaliação do Ministério da Educação (MEC), sobre a estrutura que ela oferece e também se promove ações de saúde pública, integradas às evoluções tecnológicas.

Isso significa que, ao mesmo tempo em que o estudante garante a prática para atuar em clínicas e pet shops, ele também adquire o embasamento necessário para lidar com reprodução animal, gerenciamento de propriedades rurais e análise de alimentos, certo?

Sabia que o curso de Medicina Veterinária aqui da Uni é um dos poucos do Brasil com nota máxima (5) no ENADE e no Conceito Preliminar de Curso (CPC)? Além disso, você pode contar com toda a infraestrutura necessária para ter uma formação de alto nível.

Enfim, você viu que precisa desenvolver uma série de características importantes para a carreira de médico veterinário, não é? Além, é claro, de buscar um ótimo curso para ter uma formação de qualidade e garantir sua empregabilidade.

Para ficar por dentro de outros conteúdos relacionados à carreira e ao universo da faculdade, assine a nossa newsletter! Assim, a gente consegue avisar você por e-mail sobre as atualização do blog.

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Call to action | eBook |  Saiba que curso na área de Humanas deve ser a sua escolha de graduação

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action