<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo_unicesumar_horizontal_original
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de estudos



O que você considera como maiores desafios na vida do estudante universitário: conciliar múltiplas tarefas, fazer trabalho em grupo sem conflitos, apresentar seminário ou entregar uma pesquisa acadêmica digna de nota máxima?

Se a sua maior apreensão é em relação aos trabalhos com metodologia científica, pode diminuir essa tensão. Neste post, trouxemos 10 passos indispensáveis para você fazer uma ótima pesquisa acadêmica. Está a fim de conhecer as dicas que vão fazer toda a diferença no seu desempenho na faculdade? Leia o que vem a seguir!

1. Escolha um tema de seu interesse

Seja qual for o tipo de trabalho acadêmico que você vai fazer — artigo científico, base teórica para apresentação de seminário, projeto de pesquisa para o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) etc. — o primeiro passo é escolher um tema que você tenha interesse em explorar.

Afinal, você vai precisar dedicar umas boas horas na elaboração de sua pesquisa acadêmica. Pensando assim, quanto maior a afinidade com o tema, mais o seu trabalho vai render.

2. Defina um cronograma para sua pesquisa acadêmica

Pesquisas acadêmicas mais longas, como o próprio TCC, requerem um cronograma detalhado para acompanhar a evolução do projeto. Isso, inclusive, facilita a vida do estudante, já que divide a preparação do trabalho em várias pequenas etapas.

Assim, você pode definir prazos para coletar as referências, fazer a leitura e a marcação dos trechos mais importantes de todos os materiais utilizados, construir o esboço do trabalho e assim por diante.

3. Elabore um bom roteiro de pesquisa

Você pode requintar ainda mais o cronograma da sua pesquisa acadêmica e estipular um roteiro dos subtemas que serão abordados. Na conceituação teórica do seu trabalho, é possível, por exemplo, explorar os aspectos históricos e culturais do tema principal.

Vamos a um exemplo mais prático: supondo que você seja um estudante de Psicologia e sua pesquisa acadêmica vai falar sobre a aplicação das técnicas cognitivo-comportamentais em adolescentes com depressão. Ao longo do trabalho, você pode abordar os aspectos envolvidos na depressão infanto-juvenil, as principais psicoterapias utilizadas, o desenvolvimento histórico da terapia cognitivo-comportamental etc.

Tenha em mente os assuntos que serão explorados em conjunto para atingir os objetivos gerais e específicos do trabalho. Assim, fica mais fácil definir um roteiro para sua pesquisa acadêmica e se dedicar a um tema por vez.

4. Diversifique os conteúdos bibliográficos

Num passado não muito distante, as pesquisas acadêmicas eram fundamentadas exclusivamente em livros de especialistas, artigos impressos e revistas científicas. Hoje, temos uma facilidade incrível para encontrar boas referências na internet. Mas é preciso tomar cuidado e saber encontrar as fontes certas, aquelas que vão trazer informações verdadeiras e relevantes e enriquecer sua pesquisa.

Mas não abandone totalmente os bons e tradicionais livros. Nesse tipo de material, é certo que as teorias e os dados levantados foram feitos por estudiosos experientes em sua área de formação. Por isso, se você ainda desliza no hábito da leitura, aproveite para se dedicar um pouco mais.

5. Busque referências confiáveis

Nessa era de informações totalmente acessíveis, qualquer assunto que você procura na internet é encontrado. Mas lembre-se de que uma pesquisa acadêmica tem um peso maior. Então, busque fontes ricas e confiáveis para colocar qualidade e veracidade em seu trabalho.

Bons exemplos são as plataformas de dados científicos, como Scielo e CAPES, ou o próprio Google Acadêmico, que reúne artigos de outros pesquisadores, assim como materiais acadêmicos — TCCs, teses e dissertações — aprovados por grandes instituições de ensino.

6. Não caia no erro do plágio

Algo que tira pontos de uma pesquisa acadêmica e fere a credibilidade de qualquer universitário ou profissional formado é o conteúdo plagiado. Plágio, além de ser totalmente inadequado, é considerado crime, e o estudante tem muito a perder com essa conduta.

Por isso, é fundamental estudar sobre as normas das pesquisas acadêmicas e aprender como fazer as citações da forma certa. Isso significa que você pode transcrever alguns trechos curtos das obras e artigos consultados — sem excessos, para não poluir seu trabalho — desde que faça a devida citação do autor original.

7. Cuidado com as normas técnicas do trabalho

Conforme o tipo de pesquisa acadêmica, existem normas específicas a serem seguidas para estruturar o trabalho. Você deve se informar sobre isso com antecedência para entregar um projeto dentro dos padrões exigidos pela entidade regulamentadora — com frequência, são utilizadas as normas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Tamanho e fontes do tema, recuo das margens, espaçamento entre as linhas, formatação dos títulos e subtítulos são algumas das questões que devem ser observadas na estruturação de uma pesquisa acadêmica.

8. Capriche na introdução e na conclusão

Desde os primeiros contatos com a escrita de redações, começando lá no ensino básico, os estudantes são orientados a colocar introdução e conclusão em seus textos — você se lembra disso? Na pesquisa acadêmica, isso também é importante.

A introdução é o espaço em que você deve fazer um apanhado geral dos assuntos que serão elencados, contextualizando o tema principal da pesquisa. Também é nessa parte do trabalho que o estudante apresenta a justificativa de seu estudo, assim como a relevância social e científica do projeto em questão.

Na conclusão, o autor ressalta os resultados obtidos e reflete sobre a necessidade de novas pesquisas para explorar o tema com mais profundidade.

9. Faça uma boa revisão do trabalho

Leia e releia a sua pesquisa acadêmica quantas vezes achar necessário. Faça uma revisão cuidadosa para identificar erros ortográficos e gramaticais, assim como falhas de formatação ou mesmo para inserir informações importantes que faltaram. O ideal é entregar um trabalho redondinho e digno de uma boa nota, certo?

10. Dedique-se muito

Claro que todas essas dicas para fazer uma pesquisa acadêmica de qualidade só vão se concretizar se você colocar um elemento indispensável: a dedicação. É compreensível que a jornada universitária seja cansativa, mas vale a pena manter o empenho e a motivação para estudar e colher os melhores resultados possíveis dessa experiência.

Com todas as técnicas de estudo que você já conhece e com essas dicas que listamos para fazer uma boa pesquisa acadêmica, não tem erro: é certo que você vai mandar muito bem nos seus trabalhos de faculdade!

Que tal divulgar essas dicas e facilitar a vida de outros estudantes? É só compartilhar nosso post em suas redes sociais e levar informação útil aos seus amigos!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action