<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo_unicesumar_horizontal_original
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de Carreira



Você, um estudante #Nota10, está de olho em tudo o que acontece no mercado de trabalho, podemos apostar! Certamente já percebeu que ele anda bem exigente. É pensando nisso que muitas pessoas têm buscado maneiras de aprimorar os seus conhecimentos para que, assim, possam se destacar dos demais profissionais. Mas é nessa hora que surge aquele dilema: que tipo de profissional devo ser?

Conhece o profissional generalista? Ainda que nunca tenha ouvido falar sobre ele, é bem provável que você já tenha se deparado com essa prática. Mas não vamos dar mais spoilers — você vai conhecer tudo o que precisa sobre esses especialistas neste post. Venha com a gente e tire suas dúvidas!

O que é o profissional generalista?
Um profissional generalista nada mais é que aquela pessoa capaz de interagir em diversas áreas do conhecimento. Em outras palavras, é um “faz tudo” que tem a visão do todo de sua profissão e da empresa em que trabalha. Também pode ser considerado “passante”, pois consegue transitar por diversos setores, como de finanças, processos, comercial, entre outros.

Esse profissional, em geral, atua entre os gestores das grandes empresas, uma vez que conhece com a palma da mão não só o negócio, como todos os seus processos. Sabe aquela história de “grandes poderes, grandes responsabilidades”? É o que acontece com ele nesses casos.

Ser um profissional generalista é característica de grandes empreendedores e revolucionários, a exemplo do Steve Jobs, que fez grandes criações exatamente por circular por diversas áreas do conhecimento.

Mas é claro que para ser generalista o profissional deve se aprofundar mais em alguns assuntos. O que ele faz é manter o leque de opções sempre aberto ao ter equilíbrio entre saber muito sobre uma coisa e diversas outras.

Nesse cenário, é importante também não confundir ser generalista com não ter foco: o profissional generalista tem uma visão amplificada dos processos e do negócio, agindo de forma estratégica para solucionar os desafios.

E o profissional especialista?
Você certamente tem uma área de atuação preferida, uma em que se sente mais à vontade, não é mesmo? É aí que se encontram os profissionais especialistas. Diferente do generalista, essa pessoa é aquela que tem um conhecimento mais aprofundado em um determinado campo de atuação. Em outras palavras, ele tem domínio técnico, conhece os “macetes” da profissão e sabe praticamente tudo sobre um assunto, se dedicou a área em que tem mais afinidade.

Veja por exemplo o que ocorre na Medicina: o cirurgião geral seria um profissional generalista, uma vez que atende à pacientes cirúrgicos com variados tipos de sintomas, doenças e traumas. Já um cirurgião cardíaco atenderia somente a pacientes que necessitam de tratamento cirúrgico no coração — ou seja, ele é um especialista em cirurgia cardíaca. Ficou mais claro né?

O mercado do profissional especialista, em geral, é mais restrito. Desse tipo de profissionais é exigida maior autoridade para atingir o seu público. Normalmente, eles têm mais espaço em áreas da saúde e da tecnologia de informação, que demandam um conhecimento mais elevado sobre determinado campo de atuação.

Ser ou não ser: especialista ou generalista?
Quando o assunto é a empregabilidade, restam duvidas em relação a apostar em uma carreira de especialista e se ligar em tudo daquela área que chama a sua atenção ou saber muito sobre outras áreas afins que possibilite maior mobilidade. Certo?

Pensando nas novas demandas do mercado de trabalho, mais de 400 estudantes formados nos mais conceituados cursos de MBA dos Estados Unidos e que seguiram carreiras em bancos de investimento, foram acompanhados por pesquisadores em um estudo da Columbia Business School e da Tulane University, no período entre 2008 e 2009. A pesquisa buscou analisar os profissionais especialistas e generalistas.

Para chegar aos resultados os participantes foram divididos em dois grupos. O grupo dos especialistas era composto por pessoas que já trabalhavam com investimento antes do MBA e se aprofundaram em finanças. Já o grupo dos generalistas era formado por aqueles que atuaram em áreas diferentes, como a publicidade, e só mais tarde foram para o mundo dos investimentos.

Os resultados a que os pesquisadores chegaram apontam que os bônus ganhos pelos profissionais especialistas eram até 36% menores que dos profissionais generalistas. Os especialistas, em alguns casos, chegavam a receber 48 mil dólares a menos por ano.

Mas vale lembrar que um profissional não é melhor que o outro. Existem são diferenças básicas entre os dois, pois os generalistas costumam assumir cargos mais elevados que exigem que eles tenham conhecimentos além de técnicos, como habilidades de negociação, comunicação, empatia e uma ampla visão do mercado em que atua, fazendo com que acabem ganhando mais. Mas sempre haverá lugar para os especialistas que dominam uma área especifica no mercado.

Quais as vantagens de ser um profissional generalista?
Os profissionais generalistas têm sido cada vez mais valorizados nas empresas por serem funcionários pivô, que se mantém firmes e também são capazes de se movimentar em outras direções. Para aqueles que estão em início de carreira e almejam ser empreendedores, essa prática pode trazer maior amplitude de visão em um mercado que tem mudado cada vez mais rápido.

Saiba mais sobre as vantagens de ser generalista!

1. Desenvolver a liderança
Um profissional generalista costuma “vestir a camisa” da empresa. Por conhecer todo o seu funcionamento, ele desenvolve habilidades, aprende a descentralizar o poder ao confiar na sua equipe, se torna comunicativo, aprende a reconhecer o trabalho dos outros e vira um exemplo para o time.

Em grandes organizações, como produtoras e agências, esses profissionais se destacam para lidar com times que desempenham diversas funções. Essas equipes exigem um líder que seja “multitarefa”, que saiba lidar com a adversidades para fazer o que tem que ser feito. Como os profissionais generalistas costumam se dar bem com a área de gestão, eles sempre saem na frente.

2. Atuar como freelancer
Essa modalidade de trabalho vem ganhando destaque e a possibilidade de trabalhar de casa ou de qualquer lugar no mundo atrai cada vez mais adeptos. Nesse contexto, encontramos mais uma vez o profissional generalista, uma vez que esse tipo de trabalho exige do profissional a capacidade de trabalhar em diversas frentes. O freelancer, assim como o generalista, é o conhecido, “pau para toda obra”.

3. Aprender sobre diversos assuntos
Variedade de conteúdo é o foco. Se você gosta de estar sempre aprendendo coisas novas, de enfrentar novos desafios e de estar sempre antenado, ser generalista é a sua praia. Esse profissional tem mais oportunidades de explorar e aprender as novas técnicas, desenvolvimentos e tecnologias, pois está sempre em movimento aprendendo algo novo.

4. Gerir o próprio negócio
Em se tratando de gerenciar o próprio negócio, o profissional generalista também sai na frente. Essa visão permite que você se mantenha sempre informado sobre as inovações do mercado. Além disso, possibilita que você compreenda as pessoas envolvidas com a sua empresa para que as atividades estejam sempre bem alinhadas, visando aos objetivos e metas do negócio.

Agora que você já está por dentro de tudo sobre o profissional generalista é importante que você tenha em mente que isso não significa ser superficialista. O que eles fazem é desenvolver uma visão sistêmica que os permite compreender melhor o funcionamento de tudo que envolve o seu ambiente de trabalho. Mas não se engane! Um generalista também precisa ter um domínio sobre uma área específica, a depender das exigências do seu cargo.

E aí, gostou de saber sobre o profissional generalista? Então compartilhe este post com os seus amigos nas redes sociais!
COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action