<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Institucional



Não é segredo para ninguém que a faculdade é cheia de desafios, não é mesmo? Não importa qual é o seu curso ou em que estágio da graduação você está, é certo que você vai passar por momentos que trazem apreensão e até um pouco de medo. Mas não tema: estamos aqui para ajudar você a passar por tudo isso!

Entre todas as provas, trabalhos, atividades valendo nota e outras avaliações que vai enfrentar desde o começo das aulas, existe um exame realizado a cada três anos que contribui não apenas com a sua formação, mas com a qualidade da educação no país inteiro: o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ou Enade para os íntimos).

Parece importante? É mesmo, e dá para imaginar que isso venha com uma certa pressão — da faculdade, da família, até de si mesmo — para se sair bem, certo? Mas a prova do Enade não é um bicho de 7 cabeças. Além disso, para quem chegou até aqui, a prova é fichinha!

Quer entender melhor como funciona o exame e o que você ganha em participar dessa avaliação? Fica aqui que nós contamos tudo!

Afinal, o que é o Enade?

O Enade faz parte do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior, o Sinaes. Ele serve, basicamente, para avaliar o desempenho dos universitários em certos aspectos das diretrizes curriculares.

Por isso, cada curso tem seus critérios e exigências, de acordo com as competências necessárias para cada profissão. Afinal, um médico e um publicitário devem ter habilidades diferentes, não acha? Então, a prova do Enade reflete tudo isso: a base curricular do curso, a evolução esperada durante a graduação e o nível de conhecimento dos estudantes em cada instituição.

O que muita gente não sabe é que o Enade é apenas a primeiro de quatro ferramentas de avaliação do Ministério da Educação, em conjunto com a Comissão de Avaliação da Educação Superior. O exame inclui ainda três questionários:

  • o do Estudante, que traça um perfil dos alunos;
  • o de Percepção de Prova, para auxiliar na interpretação dos resultados;
  • o do Coordenador de Curso, para contextualizar o processo de avaliação.

A prova do Enade avalia cursos de bacharelado, como Administração, Direito e Psicologia, e tecnólogos. A participação é obrigatória para os alunos habilitados dentro dos cursos avaliados a cada ano. Porém, ainda que fosse eletivo, valeria a pena participar — e logo você vai descobrir o porquê.

Você pode fazer a prova logo no primeiro ano de curso, se já tiver concluído pelo menos 25% da carga horária total, mas normalmente os universitários habilitados para o exame são aqueles chamados de concluintes, que já estão no último ano e já tiveram mais de 75% do currículo do curso.

Outra coisa importante que você precisa saber sobre o Enade é que a inscrição é feita pela própria instituição de ensino (ou seja, você não precisa nem se preocupar com formulários e taxas: a faculdade faz tudo por você!). Só é preciso ficar atento às datas e ao local de prova, que são divulgados com antecedência.

O que vou encontrar na prova do Enade?

Agora que você já sabe que tem mais um exame importante no seu calendário, deve estar se perguntando como se preparar para ele, não é mesmo? Nada de deixar para estudar na véspera, combinado?

Já adiantamos: se você frequenta as aulas direitinho, presta atenção nos professores e está com as tarefas em dia, o Enade vai ser moleza! Agora, se você sente que não está totalmente preparado, é hora de arregaçar as mangas e correr atrás!

A prova é dividida em 2 partes: a primeira se refere aos componentes gerais, comuns a todos os cursos de graduação; a segunda parte cobra aspectos específicos de cada área e tem um peso maior na avaliação. São 40 questões que devem ser respondidas em 4 horas.

Na etapa de Formação Geral, são 10 questões:

  • 8 perguntas de múltipla escolha envolvendo situações e problemas;
  • 2 perguntas discursivas.

Já na parte de Componentes Específicos, o aluno encara 30 questões:

  • 27 de múltipla escolha;
  • 3 discursivas.

Normalmente, as questões discursivas são as mais temidas pelos universitários, certo? Afinal, não adianta saber a resposta e não conseguir se expressar direito. Aqui, valem as mesmas dicas de qualquer prova ou redação que você já fez: tome cuidado para que seu texto tenha coerência e clareza, use o vocabulário adequado e tenha um argumento forte para embasar suas resposta.

Ah, e não se esqueça de reler para corrigir aqueles errinhos gramaticais que sempre passam batido (ninguém merece perder ponto por confundir “mas” e “mais”, não acha?).

Ainda não sabe como se preparar para o Enade? Então se ligue nas nossas dicas:

  • comece dando uma olhada nos jornais, para ficar por dentro de tudo que acontece no país e no mundo;
  • acompanhe blogs e podcasts de notícias e discussões sobre atualidades;
  • use o material do curso (livros e apostilas) para revisar o conteúdo;
  • leia e escreva sobre assuntos que podem ser cobrados na prova:
  • violência contra a mulher;
  • homofobia;
  • mobilidade urbana;
  • tecnologia da informação;
  • aquecimento global;
  • direitos humanos;
  • procure as provas dos anos anteriores para se acostumar com o estilo do exame;
  • estude muito!

Não tem segredo: se você estudou durante todo o ano e revisou o conteúdo, o resultado já está garantido!

Por que devo fazer o Enade?

Ué, mas a prova não é obrigatória? É sim, mas você tem tantos motivos para participar desse exame, que nem vai se lembrar disso. Para começar, além de ser requisito essencial para se formar, colar grau e pegar o tão sonhado diploma, o Enade é uma das ferramentas mais importantes de avaliação do Ensino Superior no Brasil.

É por meio desses resultados que as instituições de ensino podem comprovar sua qualidade, já que essa avaliação influencia tanto o conceito da faculdade quanto a nota do curso. E não custa nada ajudar sua universidade a sair bem na fita, não é?

Além disso, uma prova como o Enade é um recurso valioso para testar seus conhecimentos, sabia? Pensa comigo: você começou o curso como todo mundo, certo? Meio perdido, sem saber exatamente o que esperar ou como acompanhar o ritmo universitário.

O primeiro dia de aula certamente foi bem estranho. Aquela sala enorme, um monte de gente desconhecida, professores entrando e saindo, e você tentando se situar nessa loucura que é a vida na faculdade. Mas, aos poucos, tudo vai se encaixando, não é?

Isso não quer dizer que tenha sido fácil: muitas aulas, noites em claro estudando, debruçado em cima dos livros e apostilas, sempre pensando no conhecimento que você vai levar para vida! Isso sem falar nos trabalhos em grupo, nas pesquisas solitárias na biblioteca, nas inúmeras atividades complementares de cada matéria, nas apresentações sobre aqueles assuntos que você nunca tinha ouvido falar e agora domina… Ufa! É uma trajetória de respeito, certo? #RespeitaMinhaHistória

E agora, ao fim do curso, você percebe que conseguiu aprender tudo que precisa para exercer uma profissão, deixar sua marca no mundo! Para fechar com chave de ouro, nada melhor que uma prova para demonstrar a sua evolução!

E depois da faculdade? Bom, o Enade também pode ajudar você no ingresso a uma pós-graduação: seu desempenho pode ser comparado com o de outros colegas — e pode ser o diferencial da sua inscrição.

A prova do Enade também é uma boa forma de se destacar no mercado de trabalho. Você vai disputar vagas concorridas com formandos de todo o país, certo? Uma nota boa pode abrir portas e oportunidades de carreira! Que tal começar sua vida profissional com o pé direito?

E aí, já está animado para enfrentar a prova do Enade e sair vitorioso? Então compartilhe este post nas redes sociais! Aproveite para marcar seus amigos e combinar uma sessão de estudos!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Call to action | eBook |  Saiba que curso na área de Humanas deve ser a sua escolha de graduação

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action