<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Medicina



 Tags: Medicina

A Medicina é uma profissão respeitada e fascinante. Ingressar nesse curso significa uma grande superação, com muito estudo e noites em claro. Existem diversos tipos de médico, e é necessário fazer especialização para atuar em determinadas áreas.

A duração do curso é de cerca de 6 anos e acontece em período integral, além de ser exigida a realização de plantões em hospitais e pesquisas. Depois de formados, os estudantes que desejem se especializar em uma das áreas devem realizar dois anos de residência médica.

Neste post, vamos mostrar como funciona a especialização em Medicina e quais são os tipos de médico. Confira!

Como funciona a especialização em Medicina?

Quando conclui o curso de Medicina, o estudante dispõe de duas opções: realizar uma residência médica ou uma pós-graduação. Ambas oferecem o título de médico especialista, mas, no caso da pós, o médico precisa realizar uma prova.

Assim, é necessário ter um certificado de residência para poder declarar vínculo com a especialidade. A prova de título de especialista é direcionada aos médicos que não cursaram residência. Os interessados precisam de um comprovante de um período mínimo de formação e de exercício profissional na área optada pelo dobro de tempo de uma residência.

Os prazos podem variar de uma área para outra, e é preciso acompanhar os editais vigentes para a prova de titulação em Medicina.

Quais são os tipos de médico?

Existem diversas especialidades médicas. Cada uma delas apresenta um aprofundamento específico, sendo essencial para o cuidado da vida humana. Em geral, elas estão relacionadas a um órgão e às formas de tratamento das enfermidades que o atingem.

Cardiologia

A Cardiologia é a especialidade responsável pelo tratamento e diagnóstico de doenças que afetam o coração e outros elementos do sistema circulatório. Essa especialidade médica é considerada uma das mais evoluídas, principalmente pelo grande investimento e a alta tecnologia envolvida.

O médico da área atua no diagnóstico de doenças, prescrição de medicamentos, realização e interpretação de resultados de exames, além de ecocardiogramas e eletrocardiogramas. 

O cardiologista também se dedica à reabilitação das pessoas. É de sua responsabilidade, por exemplo, aconselhar os pacientes a adotar hábitos de vida mais saudáveis.

Dermatologia

A Dermatologia é uma área que tem o objetivo de tratar, prevenir e diagnosticar doenças que estão relacionadas às unhas, cabelo, mucosas, pelos e pele. O médico especialista pode aderir a quatro diferentes áreas: laboratorial, estética, cirúrgica e clínica.

O dermatologista atua no tratamento, prevenção e diagnóstico de doenças, além de dar orientações sobre cuidados gerais, trabalhar na manutenção da beleza da pele e solucionar problemas. As principais doenças tratadas são câncer de pele, hanseníase, queda de cabelo, psoríase, vitiligo, alergias e acne.

Ginecologia e obstetrícia

O ginecologista é o médico que cuida da saúde feminina — não somente do aparelho reprodutor, mas, também, das doenças associadas às mamas, vulva, vagina, útero, trompas e ovários. O médico pode acompanhar a mulher em todas as fases de vida, desde a adolescência até a menopausa.

Durante a consulta, podem ser realizados exames preventivos, de mama e Papanicolau, além do aconselhamento sobre os métodos contraceptivos.

O obstetra realiza o acompanhamento do desenvolvimento da gravidez, faz o parto e cuida do pós-parto. Além da consulta de pré-natal, o médico auxilia a futura mãe a escolher o melhor planejamento do parto, o andamento da gestação e a demanda do bebê. Pela falta de rotina e previsibilidade, esse é um profissional muito exigido.

Ortopedia

Quando o assunto é se movimentar, podem ocorrer diversos fatores que prejudicam essa característica natural do ser humano. Para entender e estudar melhor o sistema locomotor, existe a Ortopedia, uma área específica da Medicina que abrange o tratamento e o diagnóstico de doenças relacionadas a lesões nos ligamentos, tendões, articulações, ossos e músculos do corpo.

O ortopedista é o profissional que pode usar métodos cirúrgicos, físicos e clínicos para realizar o tratamento de doenças da coluna, edemas, artrites, tendinites, gota, hérnia, bursite e artrose, entre outros. Esse tipo de médico também pode ajudar na prática esportiva, com o acompanhamento profissional de atletas.

Anestesiologista

Além de administrar anestésicos para diminuir ou eliminar a dor, permitindo que a pessoa consiga suportar o procedimento cirúrgico, o anestesiologista faz o monitoramento em tempo integral e o tratamento de complicações que possam ocorrer durante a cirurgia.

Antes do procedimento, o profissional realiza o atendimento ambulatorial e a avaliação pré-anestésica. Após o fim da cirurgia, acompanha a recuperação pós-anestésica e o controle da dor até que a pessoa receba alta.

Urologia

A Urologia é uma especialidade médica responsável pelo diagnóstico e tratamento de doenças do sistema urinário, incluindo órgãos — como rins e bexiga — e canais — como uretra e ureteres. O profissional da área é habilitado para cuidar do sistema reprodutor masculino, que inclui vesículas seminais, pênis, testículo, epidídimo, ductos deferentes e próstata.

Hematologia

A Hematologia é uma área da Medicina especializada no estudo de doenças relacionadas ao sangue, avaliando os tratamentos, prevenção e causas. Dessa maneira, a hematologia envolve tanto a produção de sangue quanto a avaliação de seus componentes, como veias, medula óssea, células sanguíneas e substâncias livres circulantes.

Quando qualquer componente do sangue apresenta problema, o hematologista realiza a investigação por meio de exames para identificar a causa e indicar o melhor tratamento.

Oftalmologia

Um tipo de médico com ampla área de atuação é o oftalmologista, que trata e estuda as doenças relacionadas aos olhos. Desse modo, é o profissional que faz exames e consultas, realiza cirurgias para corrigir os distúrbios de visão e prescreve tratamentos, como o uso de lentes corretivas, a pessoas de várias idades.

Ele ainda pode escolher atuar em subespecialidades, como Catarata, Glaucoma, Doenças das Vias Lacrimais, Plástica Ocular, Estrabismo, Oftalmopediatria, Retina e Córnea.

Pediatria

Com um processo de especialização que dura cerca de 3 anos, a Pediatria é uma área que trata desde bebês até adolescentes. Existe a possibilidade de o formado atuar em pesquisa, cura e prevenção. O profissional também orienta a grávida em relação aos cuidados com a criança e questões sobre primeiros exames, vacinação, amamentação etc.

Pode atender em unidades de saúde, consultórios, clínicas e hospitais (fazendo, inclusive, cirurgias). Também pode se especializar em subáreas, como Medicina do Adolescente, Cardiologia Pediátrica e Neonatologia. A formação é dirigida aos cuidados da criança e adolescente, e é necessário ter, pelo menos, 2 anos de residência médica.

Oncologia

A oncologia é uma especialidade bastante abrangente e em transformação constante. O profissional deve ser treinado para prevenir, tratar e identificar os vários tipos de câncer, principalmente aqueles mais comuns na população.

Portanto, essa é uma área muito importante e que pode ajudar, até mesmo, na descoberta de procedimentos, protocolos e medicamentos que confiram sobrevida e qualidade de vida maiores às pessoas que sofrem com esse tipo de doença.

Psiquiatria

Esse profissional trabalha com a saúde mental, fazendo o diagnóstico e prescrevendo tratamentos. Entre as várias especialidades médicas, as atuações de um psiquiatra são as que mais causam dúvidas entre as pessoas, já que é comum a confusão com a Psicologia. 

Esse é um ramo com alta demanda. Isso, por causa do estresse do dia a dia, que leva a ansiedade, depressão e outros transtornos, inclusive em adolescentes e crianças. A rotina compreende o atendimento clínico, com exames laboratoriais e físicos dos pacientes, com o objetivo de descartar determinadas doenças.

Diferentemente do psicólogo, o psiquiatra pode prescrever medicamentos, de acordo com as queixas e sintomas das pessoas. Ele deve estar atento a cada caso, pois o tratamento varia de indivíduo para indivíduo, mesmo que apresentem sinais parecidos. É um profissional que também deve realizar o acompanhamento de perto, já que, na maioria das situações, os remédios são controlados.

Cirurgia Plástica

A preocupação com a estética é cada vez maior. Por isso, o cirurgião plástico tem uma alta demanda no mercado de trabalho, sendo um dos especialistas mais bem remunerados na área da Medicina. Assim, esse ramo é ideal para quem deseja colher bons frutos na carreira.

Além da questão estética, o profissional também é responsável por restaurar estruturas e tecidos em pessoas que sofreram acidentes, por exemplo. É um trabalho bastante nobre, devolvendo a qualidade de vida e autoestima para vários pacientes.

Como são as remunerações?

Em praticamente toda carreira, existe uma variação do salário entre diferentes profissionais. Região do país, tempo de dedicação diária, capacidade, formação e experiência influenciam muito a remuneração. Na Medicina, não é diferente. Isso dito, confira a média de ganhos dos tipos de médico:

Como vimos, existem vários tipos de médico. Assim, se você deseja fazer Medicina, saiba que faz toda a diferença optar por uma faculdade de qualidade e reconhecida no mercado de trabalho. Aqui na UniCesumar, levamos o ensino a sério.

Gostou deste post e quer complementar a leitura? Então, saiba quais são as semelhanças e diferenças entre Medicina e Biomedicina!

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Call to action | eBook |  Saiba que curso na área de Humanas deve ser a sua escolha de graduação

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action