<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo-topo-blog-1
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Dicas de estudos



Participar de trabalho em grupo na sala de aula nem sempre é uma tarefa fácil, não é mesmo? Muitas vezes, os colegas resolvem falar ao mesmo tempo, ninguém sabe o que cada um precisa fazer e a produtividade não acontece como deveria ser.

Nesses casos, a melhor coisa a fazer é:

  • a) fugir para as colinas;
  • b) chamar a Super Nanny;
  • c) assumir a missão e agir como líder.

Se a sua resposta foi a letra C, parabéns! Você está no caminho certo para arrasar nesse tipo de trabalho. Coordenar é como apontar a direção mas adequada, ajudar o grupo a descobrir potenciais que estavam escondidos e unir forças para colocar o projeto em andamento. Quase como a atuação de um super-herói.

Neste post, vamos falar sobre a importância da liderança, quais as habilidades necessárias para liderar e dicas para ser bem-sucedido no comando de equipes. Siga com a gente!

Entenda por que a liderança é importante 

A liderança desempenha um papel fundamental na conquista da excelência profissional. Afinal, o líder é alguém que faz com que as palavras se transformem em ação. 

Mas não pense que isso é sobre concentrar poder — pelo contrário, é dar poder. O líder conhece as habilidades e limitações de cada colaborador, assume a responsabilidade pela atribuição de tarefas e sabe conduzir os trabalhos da maneira mais apropriada.

Sem dúvidas, todos os membros do time são capazes de alcançar bons resultados, mas só a gestão é capaz de extrair o melhor deles. Isso vale tanto para a sala de aula quanto para a vida. #FicaADica

Conheça 3 habilidades de liderança para desenvolver

Você acertou o nosso pequeno quiz, mas não sabe como ser um líder de fato e direito? Relaxa! Trouxemos aqui algumas habilidades que andam junto com a liderança e funcionam como um ótimo começo para seu desenvolvimento. Veja só!

1. Capacidade de inspirar

Uma atitude positiva faz toda a diferença na sala de aula. Ser capaz de rir de si mesmo quando algo não acontece como planejado, ser criativo na resolução de problemas e saber agir com proatividade são qualidades admiráveis em um líder. 

Tudo isso ajuda a criar um ambiente de trabalho confiável, feliz, saudável e — por que não? — divertido. É porque as pessoas ao redor se sentem inspiradas e mais dispostas a colaborar quando recebem orientação de alguém que serve como modelo a ser seguido.  Olha que responsabilidade!

2. Boa comunicação

É extremamente importante saber se expressar de forma clara e objetiva, desde um simples comunicado a discursos específicos. Sabe aquelas palavras difíceis que você tenta encaixar nas redações? Deixe-as de lado! Isso pode até causar falsas interpretações — e não é a sua intenção. 

Sendo assim, tanto os diálogos pessoais como conversas por telefone, e-mail, aplicativo e outros meios devem ser usados com sabedoria. Jamais se esqueça de que a comunicação não é unilateral, porque também envolve ouvir as pessoas. 

3. Comprometimento

Os seus colegas de turma precisam sentir que você está pronto para o que der e vier. Ou seja, eles têm devem ficar à vontade para procurar a sua ajuda sempre que for necessário, ouvir um conselho ou tirar dúvidas. 

Por isso, o nível do seu comprometimento com a equipe é algo que precisa ser algo percebido por ela. Mesmo que não deixe isso nítido em palavras (embora o ideal seja trabalhar com transparência e boa comunicação), são as atitudes que falam mais alto.  

Saiba como se dar bem no trabalho em grupo na sala de aula

Agora já deu para ter uma noção de como se tornar aquele líder que o grupo inteiro sonhou e tirar só nota boa com os trabalhos, não é mesmo? Mas ainda temos mais algumas dicas para você aplicar nessa missão.

Conheça a sua equipe

A primeira coisa a fazer desde já é conhecer os estudantes que dividem o mesmo espaço. E não estamos falando somente de saber o nome deles, ok? Converse com todos para entender o que fazem, quais as experiências de vida, as preferências sobre as disciplinas etc.

Todas as informações que você conseguir coletar serão úteis, uma vez que se torna mais fácil organizar as demandas de trabalhos de acordo com a competência de cada um. Pense nisso!

Defina a função de cada integrante

Em uma banda, cada integrante tem a sua função, certo? O mesmo deve acontecer quando se trata de um trabalho em grupo em sala de aula. Quanto mais cedo você fizer isso, melhor será para todos se planejarem com as respectivas responsabilidades. 

É um passo importante a ser feito antes de se aprofundar no projeto, para que todos permaneçam na mesma “página”. Se ninguém tiver dúvida sobre a própria função, a produtividade flui.

Seja um líder confiante

Projetar confiança é, provavelmente, uma das características mais difíceis de desenvolver. Algumas pessoas são naturais quando se trata disso, mas é possível conseguir transparecer autoconfiança.

Parte disso é ter fé e sentir-se seguro em si mesmo, não precisar ser amado pelos outros para seguir em frente ou ser capaz de provar que tem as competências e as habilidades necessárias para ser um líder eficaz.

Só não se esqueça de que ser confiante não é o mesmo do que tratar os outros com arrogância, combinado? Levar a opinião de todos em consideração também faz parte do seu trabalho de liderança.

Saiba ouvir a opinião dos outros

Comunicação não é apenas o ato de se expressar, mas estar disposto a ouvir o que as pessoas têm a dizer. Incentivar os colegas a ficarem próximos de suas ideias é muito importante para o sucesso da equipe. 

Novamente, permita que todos contribuam com sugestões quando o processo de brainstorming começar. Quando você considerar que algo não se encaixa no projeto, converse com jeitinho. Um diálogo resolve muita coisa. Então, aproveite para treinar o seu discurso

Demonstre disposição para ajudar a quem precisa 

Ainda que você tenha que cumprir com a sua parte no trabalho, lembre-se do compromisso de contribuir para o desempenho do grupo. Ou seja, embora tenha encerrado seu tempo de dedicação, esteja preparado para dar uma forcinha para quem precisar.

Pode ser uma simples opinião, revisão ou crítica construtiva. O mais importante é deixar claro que está disponível para tirar qualquer dúvida ou prestar auxílio. Dessa forma, todos se sentirão seguros.

Não critique ou reclame das pessoas

A maneira mais certa de deixar alguém desmotivado é criticar ou reclamar constantemente de algo que ele tenha feito. Então, não seja essa pessoa e fuja desse tipo de comportamento

Lembre-se de que você é exemplo de conduta. Se o colega errar, chame para uma conversa particular em vez de fazer a observação em público. Acentue o que existe de positivo e use os erros como oportunidade de melhoria contínua.

Saiba como agir quando quem falha é você  

Se você estiver equivocado, seja honesto e humilde o suficiente para admitir. Sente-se por um momento e reflita. Você não é perfeito, nem sempre está certo. Portanto, também está sujeito a falhas.

As pessoas sábias admitem os fracassos e aprendem com a experiência. Ao fazer isso, é possível crescer e progredir cada dia mais. Quando for necessário, peça desculpas às pessoas afetadas pelo seu deslize e trabalhe para evitar novos episódios semelhantes.

Como você viu, fazer trabalho em grupo na sala de aula não é tão difícil assim. As capacidade de inspirar, se comunicar e se comprometer são absurdamente necessárias. Entre as principais atitudes de um líder, destacamos: conhecer cada membro da equipe, saber delegar tarefas e agir com sabedoria nas tomadas de decisão. Pense nisso!

Gostou do artigo? Não vá embora agora, não. Aproveite para aprender também como criar uma rotina de estudos em 7 passos. Você vai aprender a gerenciar as demandas para sobrar um tempinho livre.

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS

    Nova call to action

    Um cabeçalho claro e arrojado

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action