<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=344581662787026&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">
logo_unicesumar_horizontal_original
INSCREVA-SE NO VESTIBULAR

•   Início Motivação / Vestibular



Entrar em uma boa universidade é o sonho da maioria dos jovens. Mas alguns desistem do seu objetivo antes mesmo de tentar porque acreditam que é muito difícil passar no vestibular sem cursinho. É aí que eles se enganam! O desempenho positivo na prova depende muito mais da dedicação de cada um do que do percurso escolhido para estudar, sabia?

Se você planeja prestar o vestibular, mas está inseguro quanto aos resultados, está na hora de deixar essa apreensão de lado. Preparamos este post com dicas valiosas que vão ajudar você a driblar os desafios e estudar em casa. Quer saber como fazer isso? Saiba que não existem ingredientes mágicos, é só uma questão de organização pessoal e muito esforço. Agora, chega de conversa e vamos ao que interessa!

Elabore um cronograma

Estudar sozinho exige planejamento: esse é o primeiro passo. Sem isso, você corre o risco de se concentrar somente nas disciplinas de que mais gosta e deixar de lado aquelas que não despertam tanto o seu interesse.

Um cronograma é o recurso certo para organizar sua rotina de estudos. Assim, em cada dia da semana você pode se dedicar a uma matéria diferente, reservando um tempinho extra para os temas mais complexos.

Crie um ambiente favorável para estudar

O ideal é escolher o lugar certo: um espaço calmo, organizado, com iluminação adequada e com pouca ou nenhuma chance de alguém interferir em sua concentração e acabar atrapalhando os seus estudos.

Pode ser no seu quarto, na sala de TV (só não vale cair na tentação e deixá-la ligada) ou até no cantinho de churrasco da família. O importante é que você tenha o conforto que precisa e o silêncio necessário para focar nos estudos.

No meio da bagunça, com gente conversando, música alta ou TV ligada, você pode até conseguir estudar um pouco. O problema é que a sua atenção vai ser facilmente desviada — sem contar que quanto mais estímulos no ambiente, mais difícil memorizar o conteúdo.

Estabeleça horários fixos para os estudos

Para se preparar para o vestibular sem cursinho, você também precisa fazer uma boa gestão do tempo. O conteúdo das provas costuma ser bem extenso, o que significa que é preciso absorver uma vasta quantidade de informações para se sair bem.

Então, não tem outro jeito! Prepare-se para dedicar boas horas da sua rotina aos estudos. O ideal é determinar o período exato do dia que você vai estudar. Defina o horário para iniciar e para encerrar sua “aula particular”. Isso ajuda a ter mais comprometimento e não perder esse tempo com atividades menos importantes.

Utilize os recursos digitais a seu favor

Nem só de Facebook e Instagram vivem os jovens antenados! A tecnologia também trouxe vários recursos que facilitam o aprendizado. Imagine como era exaustivo estudar na época em que a gente só podia contar com livros e apostilas? Era preciso muita disposição para leitura.

Aproveite que você vive na era digital e acompanhe canais educativos na web — assista a videoaulas na internet, baixe aplicativos de estudo, faça simulados, participe de fóruns e comunidades para interagir com outros estudantes. Tudo isso pode ser usado para otimizar a sua preparação para o vestibular.

Faça da leitura um hábito

Apesar da facilidade das ferramentas digitais que acabamos de mencionar, isso não significa que você possa simplesmente abandonar a leitura. Pelo contrário, é essencial desenvolver o hábito de ler. E você sabe por quê?

Quando lê com frequência, você aprimora o seu vocabulário, além de aprender a assimilar e interpretar as informações — e convenhamos que falta um bom tanto de interpretação de texto por aí, não é? Muita gente passando vergonha na internet!

Outro ponto positivo do hábito da leitura é que você também desenvolve a habilidade de estruturar os pensamentos e sintetizar suas ideias para escrever uma redação bacana. Sem contar que é uma ótima forma de se divertir aprendendo.

Pratique a redação

Falando na temida redação... Não se esqueça de que essa parte da prova tem um peso e tanto na sua nota. Então, reserve um bom tempo do seu cronograma para aprender sobre os diferentes tipos de texto — dissertação, descrição, narração, carta e estilo jornalístico.

Aprofunde-se também nas técnicas de escrita e pratique. Você pode até dizer: “Ah, mas eu odeio escrever. Não consigo colocar minhas ideias no papel”. Relaxa! É só questão de treino. Logo mais você já estará escrevendo bem sem nem perceber.

Fique ligado nas atualidades

Já que você está sempre de olho nos feeds de notícias das redes sociais, não siga somente as páginas de moda e beleza. Acompanhe canais informativos para ficar em dia com os acontecimentos nacionais e internacionais — no contexto político, econômico, científico e sociocultural.

Ter bom conhecimento sobre as atualidades é um ponto que faz toda a diferença no seu desempenho no vestibular. Mas fique atento às fontes das informações, porque têm muitas #fakenews circulando por aí.

Tenha foco e fuja das distrações

Nós já falamos que você precisa preparar um ambiente adequado para estudar, longe de barulho e movimentação. O problema é que algumas fontes de distração estão sempre do seu lado, como o celular, o próprio PC que você usa para estudar e até os seus pensamentos. Opa! Como assim? Pois é, quantas vezes a gente não se distrai com preocupações, lembranças e ansiedade!

Então, a palavra de ordem para ter foco e concentração é resistir àquela vontade de dar uma olhadinha nos feeds de notícia ou nas notificações do WhatsApp — ou mesmo aos pensamentos intrusos que levam sua mente para qualquer outro lugar. Resista também à procrastinação, que é outra grande inimiga da produtividade.

Dê um tempinho para o seu cérebro

Por fim, lembre-se de fazer pausas e dar um merecido descanso para a sua mente e para o seu corpo. Não pense que você vai virar um expert em todas as matérias se ficar 6 horas ininterruptas mergulhado nos estudos.

Passar longos períodos na mesma atividade pode afetar funções cognitivas, como atenção e memória. Como resultado, o seu rendimento diminui e as horas que foram dedicadas acabam perdidas.

Saiba que forçar é diferente de se esforçar. O ideal é alternar períodos de estudo com pequenas pausas. Existem várias técnicas que ajudam a fazer esse gerenciamento de tempo, inclusive em formato de aplicativos.

Com todas as dicas que apresentamos aqui, acredite que é possível passar no vestibular sem cursinho. Mas apesar da eficácia dessas estratégias de estudo, o fator que vai determinar a nota na prova é o seu empenho. Dedique-se, faça um planejamento e concentre-se no objetivo final. Você pode chegar lá!

Agora, aproveite a sua visita ao blog e assine a nossa newsletter. Assim, você receberá conteúdos atualizados sobre cursos, profissões e dicas de estudo diretamente na sua caixa de e-mail.

COMPARTILHE:
POSTS RELACIONADOS
    New call-to-action
    lidar com as emoções
    planejamento financeiro

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Nova call to action

    Teste de Orientação Profissional - Foca na Carreira

    Guia-do-profissional-de-agronomia

    [E-BOOK] Como escolher uma profissão? DOWNLOAD GRÁTIS

    Nova call to action